Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Cultura

Contação de história, no Sesc Horto, traz biografia da esposa de Guia Lopes

Romance

27 outubro 2013 - 16h52Por Da Redação

Na próxima quarta-feira (30) o Sesc Horto recebe  o escritor Samuel Xavier Medeiros que vai comentar o livro "Senhorinha Barbosa Lopes - uma história da resistência feminina na Guerra do Paraguai".  A contação de história começa às 19h30, no Café do Sesc Horto.

O romance histórico traz a biografia de D. Senhorinha Barbosa Lopes que foi casada com o chamado "Guia Lopes", o guia que ajudou conduzir e orientar as tropas brasileiras em incursões no território paraguaio durante a Guerra do Paraguai que durou entre os anos de 1865 a 1870.

O interesse em biografar e romancear a vida de D. Senhorinha, vem do fato de que é importante ressaltar o papel da mulher naquela guerra. Ela se tornou figura importante no cenário histórico por sua resistência: foi presa e levada por duas vezes, como prisioneira, ao interior do Paraguai onde sofreu humilhações e maus tratos.

De volta ao Brasil após a guerra, embora analfabeta, reconstituiu a familia e o patrimônio, deixando aos filhos várias fazendas na região de Bela Vista e outras cidades e é, hoje, a matriarca da família Barbosa, tendo entre seus descendentes mais ilustres em MS, o ex-governador Wilson Barbosa Martins.

Leia Também

Ao comentar sobre alta na conta de luz, Bolsonaro pede banho rápido à população
Geral
Ao comentar sobre alta na conta de luz, Bolsonaro pede banho rápido à população
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
Interior
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
Blogueiro russo é suspeito de trancar mulher semi-nua no frio e transmitir morte dela ao vivo
Geral
Blogueiro russo é suspeito de trancar mulher semi-nua no frio e transmitir morte dela ao vivo
Executado no Noroeste, Edilson dos Anjos 'fez o inferno' quando cumpriu pena em Goiás
Cidade Morena
Executado no Noroeste, Edilson dos Anjos 'fez o inferno' quando cumpriu pena em Goiás