Menu
segunda, 14 de junho de 2021
Cultura

Diana Morais faz vernissage de estreia com aquarelas em novo espaço gastronômico

A artista e coach na área de hotelaria vai ocupar o espaço do Território Lab com arte e inspiração parisiense

16 agosto 2017 - 16h53Por 8020MKT

Formada em hotelaria na Escola de Lausanne, na Suíça, Diana Morais, neta do conhecido filantropo e produtor rural, Antônio Morais dos Santos, está dando os primeiros passos para realizar seu propósito de vida no caminho das artes plásticas. E em grande estilo, é bom destacar.

Morando na capital francesa há cinco anos, ela acaba de inaugurar em Paris – onde reside – o ateliê VerLuz, espaço onde foram produzidas as primeiras obras da artista, aquarelas que estão fazendo sucesso no meio acadêmico parisiense. Tanto que ela acaba de ser convidada a ingressar na prestigiada Academia de Belas Artes de Paris.

O nome “VerLuz”, além de ser um vínculo com a língua portuguesa é uma homenagem que ela faz à sua mãe, Vera Lúcia, arquiteta e artista plástica que assinava seus quadros desta forma. Da mãe, falecida em setembro de 2008 de câncer, Diana herdou um acervo de pinturas e esculturas e, ao que tudo indica, o talento para as artes.

Alguns exemplares também serão exibidos (mas não estarão à venda) durante o vernissage do próximo dia 22, no Território Lab.  Algumas obras de sua mentora e parceira no ateliê parisiense, Catherine Binder, ganhadora de dois prêmios em Vincennes de pintura em aquarela, também estão no conjunto da mostra.

Para Diana, que há anos vinha buscando uma forma de contornar a dor da ausência da mãe, a descoberta de um talento – até então desconhecido -, faz com que ela se sinta mais "próxima" de seu elo materno. “A arte tem sido uma maneira de, literalmente, contornar essa dor”, revela a artista que, num gesto de generosidade e sensibilidade, doará a renda de suas aquarelas para o Hospital de Câncer de Barretos e Instituto de Prevenção Antônio Morais dos Santos, nome do avô que, em vida, fez expressiva doação à instituição.

No seu ateliê, Diana também tem projetos generosos. Além de aprimorar seu trabalho, seu objetivo é inspirar outras pessoas a se conectarem com seu lado criativo e emocional, e usar a arte como ferramenta de expressão e transformação, além de fomentar cultura e ajudar profissionais de todas as áreas. As aquarelas que estarão expostas em um único dia no Território Lab têm como tema a natureza, cenas na fazenda do avô e sua mais recente paixão: as portas, como a igreja Saint Paul de Paris.

Sobre a artista

Nascida em Dourados, morou em Campo Grande até os 16 anos. Foi morar na França pela primeira vez com 18 anos. Hoje mora em Paris, onde atua como Coach de Liderança para a indústria hoteleira, e cursa mestrado em Consultoria e Coaching para mudança na INSEAD. Formada em Administração Hoteleira pela Écôle Hotelière de Lausanne, na Suiça com experiência internacional na Suíça, Espanha, França, Inglaterra e Ilhas Maldivas.

O local – Território Lab

Novo espaço de gastronomia colaborativa, sob o comando do empresário Diogo Wendling, é um local de aprendizado, experiência e eventos situado em frente ao restaurante Território do Vinho. Com arquitetura e design de cozinha industrial, o empreendimento foi idealizado para realização aulas de cozinha, cursos de vinho, drinques, cafés, tanto para profissionais da área quanto para o público. O Território Lab, que será inaugurado oficialmente no final de setembro, também vai oferecer cursos de gerenciamento de bares e restaurantes e contará com entreposto de produtos, vinhos nacionais, orgânicos e biodinâmicos. A ideia é uma tendência de negócio que veio para inovar o ecossistema da enogastronomia.

Serviço: Vernissage Ateliê VerLuz – obras de Diana Morais e Catherine Binder

Local: Território Lab – Rua Euclides da Cunha 468

Data: 22 de Agosto

Horário: 19h às 22h