(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Entrega do Oscar neste domingo põe fim à disputa mais acirrada em anos

Cinema

2 MAR 2014
Redação
08h53min
(Foto: Reprodução/Internet)

Em 2014, buscar ajuda de especialistas para completar o bolão do Oscar será tarefa mais difícil do que o normal. Nem mesmo os mais experientes analistas parecem estar certos de suas apostas sobre quem vai levar o prêmio principal na cerimônia deste domingo, dia 2, que põe fim à uma das mais acirradas disputas pela estatueta.


Os favoritos são três filmes: "12 Anos de Escravidão", de Steve McQueen, "Gravidade", de Alfonso Cuarón, e "Trapaça", de David O. Russell. Com menos chances, mas também na disputa, estão "Capitão Phillips", "Clube de Compras Dallas", "Ela", "O Lobo de Wall Street", "Nebraska" e "Philomena".


No geral, Hollywood chega à noite do Oscar com um consenso definido, e baseado principalmente nas premiações realizadas antes, que indicam o caminho que a Academia deve seguir. Este ano, porém, as prévias mais atrapalharam do que ajudaram.


"Trapaça" ganhou o prêmio do Sindicatos dos Atores (SAG) e o Globo de Ouro de comédia; "12 Anos Escravidão" levou o Globo de Ouro de drama, o Bafta e o Sindicato dos Produtores (PGA) - este em um empate com "Gravidade", o primeiro em 25 anos de premiação. Cuarón também triunfou no Sindicato dos Diretores (DGA), enquanto os roteiristas, com regras diferentes da Academia, ficaram com "Capitão Phillips" e "Ela".


Esta é a última vez em que o cenário pareceu tão embolado foi em 2004, quando o PGA foi para "O Aviador", o SAG para "Sideways - Entre Umas e Outras" e o DGA para "Menina de Ouro". Ainda assim, naquele ano o filme de Clint Eastwood parecia bem à frente dos demais, impulsionado pela força de uma história comovente que entrou na corrida pelo Oscar nos 45 minutos do segundo tempo.

Veja também