(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Espaço cultural do TJ/MS abre mais uma exposição nesta quinta

Obras

15 JAN 2014
Da Redação
17h10min
Foto: Divulgação

A partir desta quinta-feira (16) está aberta para visitação a exposição “Cenário Pantaneiro”, no Espaço Cultural Desa Marilza Lúcia Fortes com as obras do artista plástico Élios Longo de Oliveira, o Lelo. O artista reside em Mato Grosso do Sul há mais de 30 anos e tem como inspiração as terras férteis de muita boiada no campo, além do pantanal, flora e fauna sul-mato-grossense.“Escolhi mesmo este chão para viver e criar”, diz Lelo, que retrata a cultura regional com cores muito vivas e pinceladas fortes e aparentes. Sua obra é baseada em pesquisas histórico-sociais.

O artista é autodidata e se define como polivalente. “Considero-me senhor do meu ofício. Procuro encontrar a natureza e o mundo que me cercam com sensibilidade temperada pela vivência. Procuro retratar a gente simples, pessoas que fazem e fizeram a história e que passam despercebidas por aquele que não tem a sensibilidade apurada”.


Lelo expõe em diversas cidades do país e já foi premiado em salões nacionais e internacionais, além de possuir acervos em diversos países da Europa como no Museu de Becchi e Génova, Universidade de Turim, Vaticano, Universidade de Évora, e também no Mar Del Plata, na Argentina e na sede do Governo de Okinawa, no Japão.

A exposição vai até dia 31 de janeiro e, neste período, os interessados em adquirir as obras do artista podem procurar o espaço e negociar com o próprio Lelo. A exposição é aberta ao público e pode ser conferida, com atendimento das 12 às 18 horas. 

Os interessados em expor no Espaço Cultural, devem fazer contato com o Departamento de Cerimonial pelos telefones 3314-1304, 3314-1306 ou 3314-1781. O espaço está situado no Palácio da Justiça Des. Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes. 

Veja também