Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Cultura

II Semana Literária da REME terá como tema a Família Espíndola

A opção em tematizar a semana literária com a Família Espíndola se dá pela diversidade artística e cultural produzida pelos integrantes da família

26 abril 2019 - 15h36Por Da redação/Assessoria

Após pouco mais de dois meses de estudos e trabalhos com o tema "II Semana Literária: A Família Espíndola" integrado às orientações curriculares da Semed. Os dias 24, 25 e 26 serão dedicados à exposição dos trabalhos produzidos nesse período, mas principalmente espaço de troca entre estudantes e artistas, pois o período literário pretende fortalecer o interesse do aluno pela leitura do mundo e de obras artísticas, isso se dá na pesquisa, mas também no encontro com o artista estudado. 

A I Semana Literária, realizada em abril de 2018, tinha como tema o poeta douradense Emmanuel Marinho, foi um sucesso, ganhou a etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil de 2018, incentivou e aumentou a auto-estima dos estudantes da escola e demonstrou avanços pedagógicos ao longo do ano letivo.

Deseja-se que o evento de 2019 seja tão produtivo quanto e que colabore com a formação crítica de nossos estudantes. A opção em tematizar a semana literária com a Família Espíndola, foi uma escolha da equipe pedagógica visando contemplar os estudantes da Educação Infantil ao Ensino Fundamental II e por conta da diversidade artística e cultural produzida pelos integrantes da família.

Leia Também

Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial
Geral
Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial
Mula: PRF prende homem com quase 47 kg de pasta base cocaína em Anastácio
Interior
Mula: PRF prende homem com quase 47 kg de pasta base cocaína em Anastácio
Flordelis vai usar tornozeleira e cumprir toque de recolher no Rio
Geral
Flordelis vai usar tornozeleira e cumprir toque de recolher no Rio
Total de mortos pela covid-19 chega aos 135 mil no Brasil, diz boletim
Geral
Total de mortos pela covid-19 chega aos 135 mil no Brasil, diz boletim