Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Cultura

Livro mais caro do mundo é vendido por R$ 32,6 milhões

Preciosidade

18 dezembro 2013 - 14h15Por BBC Brasil

O "Livro de Salmos da Baía", em tradução livre, é de 1640. Trata-se do primeiro livro a ser impresso em território americano. A preciosidade foi arrematada pelo banqueiro e bilionário americano David Rubenstein. Ele está na Austrália e fez os lances por telefone.

Apesar do recorde, o valor ficou aquém das expectativas. A casa de leilões Sotheby's estimava que o valor mínimo seria de US$ 15 milhões (aproximadamente R$ 34,4 milhões). Especialistas apostavam, no entanto, que o livro pudesse atingir até US$ 32 milhões (R$ 73 milhões).

Hoje só se conhece a existência de 11 cópias do livro. Duas delas pertencem à Old South Church, de Boston, que decidiu vender uma das edições.

O recorde anterior, certificado pelo Guinness World Records, pertencia a uma cópia rara do Birds of America ("Aves da América", em tradução livre), de John James Audubon. Publicado pela primeira vez entre 1827 e 1838, o livro teve uma de suas cópias vendidas por US$ 11,5 milhões (R$ 26,4 milhões) há três anos.

Em 1947, uma cópia do Bay Psalm Book também foi leiloada por valor recorde, US$ 151 mil (aproximadamente R$ 344 mil). O leilão superou os valores pagos por uma Bíblia do Antigo Testamento de Gutenberg e por um First Folio (a primeira coleção das peças teatrais de Shakespeare).

Leia Também

Brasil registra 407 mortes por covid-19 em 24 horas; total vai a 159.884
CORONAVÍRUS
Brasil registra 407 mortes por covid-19 em 24 horas; total vai a 159.884
Natal terá enfeites nas ruas, mas Cidade do Natal deve continuar de portas fechadas
Cidade Morena
Natal terá enfeites nas ruas, mas Cidade do Natal deve continuar de portas fechadas
Em último programa, Maisa se emociona em despedida do SBT
Geral
Em último programa, Maisa se emociona em despedida do SBT
Ciclista mostra pernas após 4 horas de treino e impressiona fãs
Geral
Ciclista mostra pernas após 4 horas de treino e impressiona fãs