Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Cultura

Morre o italiano Claudio Abbado, um dos maestros mais respeitados do mundo

Ópera

20 janeiro 2014 - 14h31Por iG Último Segundo

O maestro italiano Claudio Abbado, ex-diretor da Orquestra Filarmônica de Berlim e ex-diretor musical do Teatro alla Scala, de Milão, morreu aos 80 anos após uma longa doença. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira (20).

Tido como o maior regente do mundo pelo jornal "Financial Times", Abbado foi cerimonialmente nomeado senador italiano vitalício pelo presidente Giorgio Napolitano em agosto do ano passado.

Abbado foi diagnosticado com câncer em 2000, mas três anos depois formou a orquestra de Lucerna, pessoalmente selecionando cada um da maior parte dos membros.

O maestro voltou a lutar contra a doença em maio de 2010, forçando o La Scala a cancelar os concertos que ele teria que conduzir. Abbado também foi diretor musical da Ópera de Vienna entre 1986 e 1991 e foi maestro convidado da Orquestra Sinfônica de Chicago.

Leia Também

Atentado a tiros deixa homem morto e um ferido em avenida de Ponta Porã
Interior
Atentado a tiros deixa homem morto e um ferido em avenida de Ponta Porã
Servidor histórico apresenta propostas para desburocratizar ‘máquina’ de Campo Grande
Política
Servidor histórico apresenta propostas para desburocratizar ‘máquina’ de Campo Grande
PM mata homem em confusão envolvendo segurança de conveniência na Vila Rica
Cidade Morena
PM mata homem em confusão envolvendo segurança de conveniência na Vila Rica
Barbárie: três pessoas são executadas a tiros de grosso calibre no Jardim Sumatra
Cidade Morena
Barbárie: três pessoas são executadas a tiros de grosso calibre no Jardim Sumatra