(67) 99826-0686
Camara - marco

Mostra de Curtas começa a partir de terça-feira na Capital

Mostra

27 OUT 2013
Ana Rita Chagas
12h39min
Foto: Divulgação

Dando continuidade às comemorações pelo aniversário de Mato Grosso do Sul,  a Fundação de Cultura do Estado disponibilizará uma programação extensa  que vai do dia 29 de outubro a 1º de novembro, no Centro Cultural José Octávio Guizzo.Serão exibidas produções sul-mato-grossenses que revelam olhares de videomakers a respeito da cultural popular e urbana do Estado distribuídas entre a ação Mostra R.U.A. e o projeto Cine d(e) Horror.  A agenda também integra Dia Internacional da Animação com mostra nacional para deficientes auditivos e visuais e outra especial para as crianças.

Confira a programação:

29 de outubro (terça)

19h30 – Mostra de Registros Urbanos em Audiovisual, com os videomakers: Rafael Torres, Rafael Mareco, Pedro Iti e Ewerton Pereira. 


30 de outubro (quarta)

19h30 – Cinema (d)e Horror – Filmes  Outro Olhar – São João de Corumbá – Imprimindo  um  outro  olhar  sobre  o  Arraial  do  Banho  de  São  João,  em  Corumbá,  os repórteres de Poranduba apresentam os festeiros Dona Preta e Alfredo Ferraz. A primeira, com uma bagagem de 63 anos se prepara - ainda sem sucesso - para entregar a herança do andor para alguém da nova geração. Já Alfredo, 22 anos, acaba de assumir a tradição que  começou  com  seu  avô  e  encara  ele  próprio  as  dificuldades  de  manter  viva  a cultura popular no Estado. Direção: Andriolli Costa - 4´15, Documentário.

Orla Morena, Campo Grande, MS - Documentário que dá  voz  ao  cotidiano  desta  praça   de skatistas  da Capital. Direção: Rafael Torres, 12´42.

Tia Eva - Tem como roteiro depoimentos de descendentes da escrava que chegou em Campo Grande em 1905 e formou um quilombo que em 108 anos continua com ações de preservação das tradições. Direção: Ana Carla Pimenta e Vânia Lúcia Duarte, 5 min., Documentário.

Memórias de Luz – Tem como personagem central o fotografo Roberto Higa, fonte certa depois de 46 anos registrando a história de Mato Grosso do Sul e de Campo Grande. A ideia do filme é fazer o público refletir sobre “a importância do passado no presente e futuro da cidade.” Direção: Farid Fahed, 5 min., Documentário.

O Olhar Indígena sobre Campo Grande - Aborda a questão de índios que deixaram as aldeias para morar em Campo Grande e que, apesar das dificuldades, sentem-se acolhidos e com esperança no futuro de seus filhos. Direção: Sidney Morais, 9 min., Documentário.

Olhar Diferente - Tem como personagem principal Bruno, que aos seis anos de idade enfrentou problema que poderia ter virado uma grande barreira mais passou a ser estímulo para uma vida melhor. Direção: Merielle Oliveira, 5 min., Documentário.

Clave Latina - Busca nas ruas de Campo Grande artistas que fazem arte nos semáforos, gente de diversos países, com pontos de vista, valores e atitudes diferentes. Direção: André Monteiro, 3 min.


31 de outubro

19h20 – Mostra para Deficientes Auditivos

20h30 – Mostra Nacional



1º de novembro

19h20 – Mostra para Deficientes Visuais

20h30 – Mostra Infantil

Veja também