Menu
sábado, 08 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Cultura

Para os músicos, ‘Talentos de Nossa Terra’ impulsiona a carreira e divulga o Estado

Cultura

22 outubro 2013 - 12h24Por Notícias MS

Para os artistas sul-mato-grossenses, o projeto Talentos de Nossa Terra, criado em 2009 pelo Governo do Estado, instrumentalista a carreira profissional, reconhece e valoriza a produção regional e funciona como um portfólio para os músicos apresentarem seus trabalhos com qualidade e padrões internacionais.

“O fato de você receber a imagem e o áudio em aberto de sua gravação e usar esses recursos na divulgação do trabalho, com possibilidades de colocar novos instrumentos, é tudo que o artista precisa e sem investimentos, o que é uma coisa fundamental”, comemorou o veterano músico Zé Geral, 60 anos, ao participar do lançamento dos novos álbuns, ocorrido nesta terça-feira, na Governadoria.

 

Projeto é lindo - Zé Geral é um entusiasta do projeto e diz que se sente em início de carreira, ao se referir a oportunidade que o Governo do Estado, por meio da Rádio e TV Educativa de MS, está proporcionando ao músico em mostrar suas criações. “Uma produção desse nível custa dinheiro ao artista, que nem sempre disponibiliza os meios, e, além de tudo, torna-se uma ferramenta a mais de divulgação”, acrescentou ele.


Para a sambista Juci Ibanez, o projeto “é um presente para o artista”. Ela realçou a qualidade profissional da coletânea, “que não deve nada às grandes produções do Rio (de Janeiro) e São Paulo”, e elogiou o governo pela iniciativa. “Estou muito feliz em participar desse trabalho, que é lindo e valoriza o artista regional, além de reunir nosso riquíssimo repertório musical”, disse.

 

Respeito ao músico - O cantor sertanejo Marcos Cafure, que participa de um dos 14 volumes ainda na formação da dupla com Daiana, encarou o convite para gravar “como a oportunidade de impulsionar a carreira”. Comentou que a produção independente nem sempre é possível, mas agora está apostando numa guinada: “para artista como eu, que não tem empresário, o projeto abre as portas, dá visibilidade ao nosso trabalho”.


Antes de participar do Talentos de Nossa Terra, a banda de pop rock Bella Xu usava apenas a Internet para divulgar seu trabalho. A participação no projeto, segundo o vocalista Jenner Melo, abre outras possibilidades de tornar a banda mais conhecida e com um trabalho de qualidade. “Podemos agora explorar outras mídias, apresentar a banda para quem não tem acesso a Internet, enfim, é um espaço que se abre, é mais respeito ao músico”, destacou.

 

Toque pessoal - No meio profissional desde 2001 como cantora da MPB, a paranaense radicada em Campo Grande Thatiana Martins, já percebe a repercussão de sua participação. “O reconhecimento, sobretudo do público, já é um sinal desse novo momento da minha carreira”, avaliou. Thatiana ainda destacou o fato de a produção permitir que o artista explore o áudio das gravações para dar seu toque pessoal no arranjo das músicas.

Leia Também

Filha se junta com amigos e dá golpes de martelo no pai em aldeia indígena de Dourados
Interior
Filha se junta com amigos e dá golpes de martelo no pai em aldeia indígena de Dourados
Luciano Huck dá moto nova para motoboy que sofreu preconceito
Geral
Luciano Huck dá moto nova para motoboy que sofreu preconceito
Operação Toque de Recolher flagra 308 pessoas nas ruas e 32 comércios abertos
Polícia
Operação Toque de Recolher flagra 308 pessoas nas ruas e 32 comércios abertos
Gilmar Mendes manda soltar ex-ministro preso com dinheiro em caixa de gravata
Geral
Gilmar Mendes manda soltar ex-ministro preso com dinheiro em caixa de gravata