(67) 99826-0686
Camara - marco

Para os músicos, ‘Talentos de Nossa Terra’ impulsiona a carreira e divulga o Estado

Cultura

22 OUT 2013
Notícias MS
12h24min

Para os artistas sul-mato-grossenses, o projeto Talentos de Nossa Terra, criado em 2009 pelo Governo do Estado, instrumentalista a carreira profissional, reconhece e valoriza a produção regional e funciona como um portfólio para os músicos apresentarem seus trabalhos com qualidade e padrões internacionais.

“O fato de você receber a imagem e o áudio em aberto de sua gravação e usar esses recursos na divulgação do trabalho, com possibilidades de colocar novos instrumentos, é tudo que o artista precisa e sem investimentos, o que é uma coisa fundamental”, comemorou o veterano músico Zé Geral, 60 anos, ao participar do lançamento dos novos álbuns, ocorrido nesta terça-feira, na Governadoria.

 

Projeto é lindo - Zé Geral é um entusiasta do projeto e diz que se sente em início de carreira, ao se referir a oportunidade que o Governo do Estado, por meio da Rádio e TV Educativa de MS, está proporcionando ao músico em mostrar suas criações. “Uma produção desse nível custa dinheiro ao artista, que nem sempre disponibiliza os meios, e, além de tudo, torna-se uma ferramenta a mais de divulgação”, acrescentou ele.


Para a sambista Juci Ibanez, o projeto “é um presente para o artista”. Ela realçou a qualidade profissional da coletânea, “que não deve nada às grandes produções do Rio (de Janeiro) e São Paulo”, e elogiou o governo pela iniciativa. “Estou muito feliz em participar desse trabalho, que é lindo e valoriza o artista regional, além de reunir nosso riquíssimo repertório musical”, disse.

 

Respeito ao músico - O cantor sertanejo Marcos Cafure, que participa de um dos 14 volumes ainda na formação da dupla com Daiana, encarou o convite para gravar “como a oportunidade de impulsionar a carreira”. Comentou que a produção independente nem sempre é possível, mas agora está apostando numa guinada: “para artista como eu, que não tem empresário, o projeto abre as portas, dá visibilidade ao nosso trabalho”.


Antes de participar do Talentos de Nossa Terra, a banda de pop rock Bella Xu usava apenas a Internet para divulgar seu trabalho. A participação no projeto, segundo o vocalista Jenner Melo, abre outras possibilidades de tornar a banda mais conhecida e com um trabalho de qualidade. “Podemos agora explorar outras mídias, apresentar a banda para quem não tem acesso a Internet, enfim, é um espaço que se abre, é mais respeito ao músico”, destacou.

 

Toque pessoal - No meio profissional desde 2001 como cantora da MPB, a paranaense radicada em Campo Grande Thatiana Martins, já percebe a repercussão de sua participação. “O reconhecimento, sobretudo do público, já é um sinal desse novo momento da minha carreira”, avaliou. Thatiana ainda destacou o fato de a produção permitir que o artista explore o áudio das gravações para dar seu toque pessoal no arranjo das músicas.

Veja também