Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Cultura

Virtual: festival Mba’e Porã une artistas regionais e nacionais pela causa indígena em MS

As apresentações tiveram início ontem e vão até 16 de agosto

08 agosto 2020 - 14h27Por Rayani Santa Cruz

O “Festival Mba’e Porã: arte pela proteção dos povos indígenas” começou ontem e vai até 16 de agosto de 2020. O festival virtual reúne uma diversidade de gestos bonitos e bons para levantar recursos em prol dos povos Guarani-Kaiowá de Dourados, em Mato Grosso do Sul. Hoje, o evento conta com  live do Cortejo do CAPETIM às 19h (MS), nas redes sociais (Instagram e Facebook) do festival. 

Mba’e Porã (pronuncia-se Mmbaê porã), em guarani, significa coisa boa, coisa bonita. Utilizando da etimologia da palavra, e por isso a palavra foi escolhida para dar nome ao festival.

De acordo com um dos organizadores do evento, Fabrício Moser, o Festival busca diminuir os impactos do novo coronavírus nas dificuldades já existentes dos povos originários do Estado de Mato Grosso do Sul. “A pandemia agravou muitas necessidades. Os recursos vão auxiliar as comunidades indígenas no acesso à água potável, além do fornecimento de itens básicos de segurança, como máscaras e álcool em gel”, explica. 

Por esse motivo, o evento surge de maneira coletiva, contando com mais de 100 artistas, educadores e agentes culturais envolvidos. São diferentes manifestações culturais como música, artesanato, artes visuais, diálogos e apresentações. Além disso, artesanatos regionais e mais de 40 obras de arte foram doadas para o Festival, reunidas em uma exposição on-line para a venda. 

O Festival terá a presença de Brô Mc’s, Zeca Baleiro, Marina Peralta, Codinome Winchester, Jerry Espíndola, Teatro Imaginário Maracangalha e mais dezenas de artistas musicais. O objetivo é arrecadar recursos para construção de poços artesianos e compra de equipamentos de proteção individual (EPI’s) para os povos Guarani-Kaiowá. 

A programação do evento estará disponível no perfil do Instagram @festivalmbaepora e na página do Facebook e a transmissão das apresentações artísticas ocorrerá, ao vivo, pelo canal no YouTube. Haverá sorteio de obras para quem colaborar com a divulgação virtual e a campanha de arrecadação.

 

Leia Também

Eleições: três candidatos concorrem à prefeitura de Água Clara
Política
Eleições: três candidatos concorrem à prefeitura de Água Clara
Mulher é indiciada por abortar bebê no 7º mês de gestação
Polícia
Mulher é indiciada por abortar bebê no 7º mês de gestação
Homem reclama de ataque de cachorro e leva pauladas na cabeça no Caiobá
Polícia
Homem reclama de ataque de cachorro e leva pauladas na cabeça no Caiobá
Militar joga álcool e ateia fogo em esposa em Corumbá
Polícia
Militar joga álcool e ateia fogo em esposa em Corumbá