TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Economia

Abertura simbólica de vacinação contra aftosa acontece na terça

31 outubro 2015 - 12h12Por Redação

O Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS e a Embrapa Gado de Corte - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária realizarão a abertura simbólica da 2ª etapa de vacinação contra a febre aftosa que inicia na próxima terça-feira (03) para as regiões do planalto e pantanal de Mato Grosso do Sul.

O evento acontecerá na sede da Embrapa, a partir das 14h, contará com a presença do secretário de Estado da Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas e terá apoio do Governo do Estado de MS.

No planalto, o prazo para vacinar o rebanho finaliza no dia 07 de dezembro, enquanto que no pantanal, os produtores têm até o dia 20 de dezembro para concluir a imunização. Na região de fronteira, a segunda etapa da vacinação iniciou no dia 13 de outubro e terminará no dia 27 de novembro. O calendário é diferenciado nas três regiões por determinação da Iagro - Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, atendendo resultado de estudos epidemiológicos.

Atendendo ao pedido da Famasul, recentemente a Iagro modificou a faixa etária do rebanho da fronteira a ser vacinada na segunda etapa, passando de mamando a caducando para a imunização dos bovinos e de 0 a 24 meses, para bubalinos. A alteração teve o aval do Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Atualmente, Mato Grosso do Sul tem status de livre de aftosa com vacinação. Concedido pela OIE - Organização Mundial de Saúde Animal, este status traz ao Estado oportunidades de negociações com o mercado internacional, cada vez mais exigente no quesito sanidade animal.

"Se hoje somos referência em sanidade animal, devemos isso ao produtor rural sul-mato-grossense que, com o seu perfil empreendedor, trabalha antenado e faz o dever de casa. A abertura oficial da vacinação ajuda na propagação de informação para que produtores e a sociedade fiquem atentos ao ciclo de imunização", ressalta a diretora secretária do Sistema Famasul, Terezinha Candido.

No Estado, o índice de cobertura vacinal ultrapassa 97% do rebanho. O produtor rural tem até quinze dias após o término do prazo final de vacinação para fazer o registro junto ao siteIagro. O evento que acontecerá no curral da Embrapa mostrará a importância da continuidade do manejo sanitário correto nas propriedades de Mato Grosso do Sul.