(67) 99826-0686

Anac destaca que Gol deve receber multas que ultrapassam R$ 300 mil

Aviação Civil

9 DEZ 2013
Valor Econômico
15h59min


A Anac (Agência Nacional da Aviação Civil) divulgou na manhã de hoje (9), que as infrações cometidas pela companhia aérea Gol projetam um volume de multas que ultrapassará R$ 300 mil. No entanto, a agência acrescentou que o valor total só será conhecido após a conclusão da análise de todos os autos.

 

Durante a tarde de hoje, representantes da Gol e das outras três empresas aéreas domésticas — TAM, Azul e Avianca — discutem com a Anac, no Rio de Janeiro, os planos de contingência de cada uma delas que farão parte da Operação Fim de Ano, realizada pela agência nessa época de alta temporada, de 13 de dezembro a 13 de janeiro de 2014.

 

Mas, os atrasos e os cancelamentos observados em voos da Gol desde quinta-feira entraram no topo da pauta dessa reunião. Cada infração gera multa de R$ 4 mil a R$ 10 mil por passageiro. A TAM também foi notificada a comprovar a assistência prestada diante das ocorrências e também poderá ser autuada.

 

As empresas poderão, ainda, ser penalizadas por falha na prestação de informações aos passageiros e por não terem disponibilizado funcionários em guichês exclusivos para registro de reclamações. Consultores e sindicalistas disseram que a Gol foi a empresa mais afetada pelos cancelamentos e atrasos de voos por causa da estrutura mais enxuta de pessoal e de ajustes que precisam ser feitos nas escalas.

 

Procurada desde o início do dia, a Gol informou por nota que “alcançou os índices de normalidade na s suas operações na manhã de hoje (dia 9)”. A Gol disse que “devido às fortes chuvas que acometeram a região Sudeste do país na madrugada de sexta-feira, a companhia sofreu atrasos e cancelamentos na sua operação”. A aérea afirma que “atualmente a companhia conta com índice de 5,6% de atrasos em seus voos – 16 atrasos acima de 30 minutos desde à 0h de hoje até às 11h -, número adequado à rotina das operações aéreas”.

 

Fonte: Valor Econômico

 

Veja também