(67) 99826-0686

Anastasia destaca importância da gestão pública para o desenvolvimento nacional

Desenvolvimento Econômico

25 FEV 2014
Aline Oliveira
07h00min
Foto: Geovanni Gomes

 

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB) esteve em Campo Grande, na última segunda-feira (24) e ministrou uma palestra sobre ‘Eficiência na Gestão Pública’, no ciclo de palestras realizados pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems). Com vasta experiência na área administrativa, o chefe do Executivo traçou um panorama da criação e fortalecimento da gestão administrativa no governo do Brasil e de Minas.

 

“Parabenizo o presidente da instituição, Sérgio Longen e ao Estado de Mato Grosso do Sul por esta iniciativa de levar a sociedade mais conhecimento sobre a gestão pública. É necessário debatermos com frequência o tema que é de interesse nacional para o desenvolvimento dos municípios, estados e do país”, alegou.

 

Anastasia destacou que há pouco mais de 15 anos, não se tinha o hábito de discutir a gestão pública. O setor administrativo ficava relegadado há um patamar inferior, no segundo plano das prioridades dos governos. “O resultado do não investimento no setor é de que até os dias atuais, os municípios e estados enfrentam problemas para gerir a máquina administrativa e até para ter êxito nos pedidos de recursos que são decorrentes de projetos federais”, destacou.

 

O palestrante lembrou que a modernização e formalização da gestão pública teve início no governo de Getúlio Vargas e se fortaleceu com a criação da Constituição Brasileira, em 1988. “Ainda assim adentramos a década de 90 engessados nos rigores do controle de governos passados. O controle da entrada e saída de recursos públicos era falho e ocasionou em um quadro fiscal desorganizado e precário”, pontuou.

 

De acordo com o especialista, sem gestão, os recursos aplicados nos setores de educação, saúde pública, infraestrutura, esporte e cultura não são bem distribuídos e resultam nas deficiências que são identificadas ainda hoje em várias regiões brasileiras. “Uma administração mal gerenciada dá margem para desvios, nepotismo e irregularidades na aplicação dos recursos. É preciso um controle rigoroso e transparente para que possamos combater estes fatores e melhorar o desenvolvimento financeiro e econômico das regiões”.

 

O governador de Minas apresentou o modelo de gestão utilizado na administração do então governador Aécio Neves (PSDB) e que possibilitou expressiva melhoria na qualidade dos serviços públicos. “Um fator importante é a parceria entre a iniciativa pública e privada. Os governos não podem ficar constrangidos em pedir apoio a iniciativa privada. A chave para o crescimento é o planejamento e desenvolvimento organizado a exemplo de países como Cingapura e Coréia do Sul”, exemplificou.

 

Desenvolvimento local – Na ocasião, o presidente da Fiems, Sérgio Longen destacou o programa PDR (Programa de Desenvolvimento Regional) desenvolvido em Mato Grosso do Sul. “O PDR está permitindo que a Fiems estabeleça um novo modelo de relacionamento com as prefeituras do Estado. Por meio dele, estabelecemos a desburocratização da gestão pública, oferecendo consultorias e a distribuição dos serviços fornecidos pelo Sesi e Senai”, avaliou.

 

Longen ressaltou ainda que lançamento do projeto Ciclo de Palestras Fiems 2014 com o governador Antonio Anastasia objetivou colocar em pauta a importância de uma gestão pública eficiente. “O governador Anastasia demonstrou que com gestão eficiente tudo é possível. Na nossa avaliação, ele demonstrou que é possível fazer gestão pública eficiente e política".

Veja também