Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
Camara - corona
Economia

Aprovação de Dilma é maior que o registrado no mês setembro, segundo Confederação Nacional dos Trans

Em alta

07 novembro 2013 - 11h46Por Da Redação

O governo da presidenta Dilma Rousseff tem a aprovação de 39% da população, segundo pesquisa divulgada hoje (7) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O índice é maior que o registrado na pesquisa anterior de setembro, quando o governo teve avaliação positiva de 38,1%. A avaliação negativa do governo chega a 22,7% dos entrevistados.

O desempenho pessoal da presidenta foi avaliado como positivo por 58,8% dos entrevistados. O dado mostra estabilidade em comparação à última pesquisa quando o percentual foi 58%. O índice de desaprovação do desempenho pessoal de Dilma é 38,9%.A pesquisa, encomendada pela CNT ao instituto MDA, mostra que, no caso de candidatura, a presidenta Dilma Rousseff tem 18,9% da intenção espontânea de voto. Em seguida, aparecem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (7,5%), Aécio Neves (6,7%) e Marina Silva (5,6%). Na pesquisa espontânea, não são apresentadas opções de possíveis candidatos.

Na intenção de voto estimulada, quando são apresentadas opções de candidatos, em cenário sugerido pela pesquisa para o primeiro turno das eleições, Dilma Rousseff tem 43,5% da intenção de voto, Aécio Neves tem 19,3% e Eduardo Campos, 9,5%. Em um segundo cenário apresentado aos entrevistados, Dilma Rousseff tem 40,6% das intenções de voto, Marina Silva, 22,6% e Aécio Neves, 16,5%.

Nesta edição, foram entrevistadas 2.005 pessoas, em 135 municípios de 21 unidades da federação, entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais.

Leia Também

Frio começa a ir embora neste sábado em MS
Cidades
Frio começa a ir embora neste sábado em MS
COVID-19: de calamidade pública à igreja essencial, deputados mudam pauta na pandemia em MS
Política
COVID-19: de calamidade pública à igreja essencial, deputados mudam pauta na pandemia em MS
VÍDEO: para rebater Bolsonaro, JN aciona 'plantão' sem necessidade e divulga dados da covid
Geral
VÍDEO: para rebater Bolsonaro, JN aciona 'plantão' sem necessidade e divulga dados da covid
Ministro Marco Aurélio autoriza Jamil Name a voltar para presídio do MS
Cidade Morena
Ministro Marco Aurélio autoriza Jamil Name a voltar para presídio do MS