TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Economia

Atendendo apelo, governo antecipa metade do 13º salário dos servidores

Documento pedindo o adiantamento foi entregue ao governador Reinaldo Azambuja pela Federação Sindical

20 junho 2022 - 12h24Por Rayani Santa Cruz e Diana Christie

Para atender os servidores de Mato Grosso do Sul, a Feserp-MS (Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do Estado de MS) protocolizou, junto ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), pedido de adiantamento de 50% do décimo terceiro salário referente ao ano de 2022, que será pago no final deste ano.

Conforme o sindicato, o ofício foi entregue pela presidente licenciada Lilian Fernandes na manhã desta segunda-feira (20), para o governador e para o Secretário de Governo Eduardo Rocha. 

“É uma solicitação feita pelos nossos filiados e filiadas, em especial aqueles que estão enfrentando algumas dificuldades financeiras. Com isso é possível quitar contas e cessar o pagamento de juros, por exemplo”, destaca Michel Vaz Morrison, presidente em exercício da entidade. 

Para ele, apesar de alguns servidores alegarem que acabam gastando o dinheiro, a medida atende um apelo. “Aqueles que não precisam usar o dinheiro agora, podem aplicar ou deixar lá parado”. 

A mesma medida já foi aplicada no ano passado. “É um reforço financeiro bastante significativo”, relembra Nilson Araújo, vice-presidente da Feserp-MS.

Em seguida, o governador Reinaldo Azambuja anunciou o pagamento na primeira semana de julho.

“Recebi várias reivindicações dos sindicatos e nós tomamos a decisão de pagar na primeira semana de julho metade do 13° salário a todos os servidores do Mato Grosso do Sul. Ano passado também tomamos esta atitude para aquecer a economia, em plena pandemia”, afirmou o governador, durante evento de entrega de maquinários, em Campo Grande.

O presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Logístas), Adelaido Vila, destacou que a antecipação vai contribuir com a economia local, aumentando as compras e vendas no próximo mês.

“Isto ajuda a aquecer a economia, estamos em um momento de retomada econômica. O servidor público terá este valor agregado e quando ele utiliza dentro da economia local, a gente consegue fazer uma retomada mais consistente, isto vai vir muito favoravelmente ao nosso varejo, setor alimentício, roupas e vestuários. Ajuda muito é um avanço”, destacou.

Serão beneficiados com esta antecipação mais de 83 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas.