Menu
terça, 25 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Economia

Bancários rejeitam proposta e negociações continuam nesta quarta-feira

21 outubro 2015 - 09h02Por Izabela Sanchez

Os bancários, categoria em greve desde o último dia 06, rejeitaram a proposta de 7,5% de reajuste oferecida pela Federação nacional dos bancos (Fenaban) na tarde de terça-feira, 20. Eles pedem 16%, incluso 5,6% de aumento real e 9,88% referentes à perda da inflação.

De acordo com o presidente do sindicato dos bancários de Campo Grande e região, Edvado Franco, as negociações continuam na manhã desta quarta-feira, 21, e a classe se reúne com a Fenaban na capital paulista às 11h. Em Campo Grande 100% das agências estão paralisadas e em todo estado já são 143 unidades em greve.

Também são reivindicações dos bancários o fim da precarização do trabalho, entre elas o fim das metas abusivas e mais igualdade de gênero e cor; valorização do piso salarial no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (Departamento intersindical de estatística e estudos socioeconômicos) e aumento no PLR (Participação nos Lucros e Resultados).