Menu
terça, 01 de dezembro de 2020
Economia

Brasil bate recorde nas exportações de milho e já soma quase 21 milhões de toneladas

12 novembro 2013 - 18h24Por Aline Oliveira

No último dia 10 de novembro, o Ministério da Agricultura e da Secretaria de Comércio Exterior divulgou que as exportações de milho no Brasil em 2013 já ultrapassaram o recorde registrado em todo ano passado. Com estes resultados, o país ganha espaço no mercado internacional, aproveitando o momento de escassez do produto nos Estados Unidos.

 

De janeiro a novembro, as exportações somaram 20,8 milhões de toneladas, enquanto que no ano passado o total foi de 19,77 milhões embarcadas o calendário de 2012. Cabe lembrar que os EUA, maior exportador do cereal sofreu a pior seca em mais de meio século.

 

No entanto, analistas alertam que o ano comercial do milho, de fevereiro a janeiro de 2014, pode não ser alcançado, uma vez que os embarques programados para dezembro e janeiro não dão indicação da mesma força que tiveram em 2012. Outro fator que impulsionou o recorde  é que o produto embarcado agora foi firmado anteriormente e atualmente, os preços do milho brasileiro não são mais competitivos frente ao produto norte-americano.

 

Outra importante contribuição veio do governo federal que disponibilizou um programa que subsidiou o escoamento do milho de Mato Grosso, grande produtor nacional que sofre fortemente problemas de logística e infraestrutura.

 

Fonte: Reuters

 

Leia Também

Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Cidade Morena
Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
É milagre que chama?
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Geral
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid
Geral
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid