Menu
sexta, 14 de agosto de 2020
Economia

Comércio on-line tem 4 milhões de novos clientes durante pandemia

A tendência fortalece as plataformas de gigantes do comércio on-line, mas acentua a crise que o varejo físico já enfrentava antes

03 maio 2020 - 12h37Por Dany Nascimento

A presença dos varejistas brasileiros aumentou no comércio eletrônico em poucas semanas, devido a pandemia do Novo Coronavírus. Estados e municípios pedem isolamento social e dessa forma, compraram 30% a mais na internet em abril na comparação com março.

De acordo com o G1, na pandemia, estima-se que o e-commerce ganhou ao menos 4 milhões de novos clientes, que devem manter o hábito depois. A tendência fortalece as plataformas de gigantes do comércio on-line, mas acentua a crise que o varejo físico já enfrentava antes.

Os dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), aponta salto na venda virtual de brinquedos (400%), artigos esportivos (200%) e cosméticos (80%).

Parte importante do impulso vem de pequenos lojistas que nunca pensaram em vender na rede.  

Leia Também

Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Cidade Morena
Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Três ex-guardas municipais envolvidos na milícia dos Name são soltos pela Justiça
Cidade Morena
Três ex-guardas municipais envolvidos na milícia dos Name são soltos pela Justiça
Baleado na avenida Mato Grosso está em estado gravíssimo na Santa Casa
Cidade Morena
Baleado na avenida Mato Grosso está em estado gravíssimo na Santa Casa
Energisa cobra atestado de cliente suspeito de covid para não cortar luz em Campo Grande
Cidade Morena
Energisa cobra atestado de cliente suspeito de covid para não cortar luz em Campo Grande