(67) 99826-0686
Camara - marco

Comitê que irá monitorar qualidade e preço dos serviços na Copa do Mundo se reuniu hoje

Copa do Mundo 2014

24 OUT 2013
Aline Oliveira
20h31min
Divulgação

Foi realizada nesta quinta-feira (24), uma reunião entre a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann o comitês de Acompanhamento de Preços Tarifas e Qualidade de Serviços para a Copa da Mundo. Entre as alternativas analisadas no encontro estão a ampliação da malha aérea nacional, com objetivo de aumenta a oferta de voos domésticos no período da competição.

 

Já está marcada para semana que vem (próxima quinta), uma reunião do Comitê com as companhias aéreas, a fim de discutir os preços das passagens aéreas e soluções para atender a demanda durante o evento mundial. "Isso está sendo analisado e conversado. A Secretaria de Aviação Civil está coordenando isso junto com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em um trabalho de preparar nossos aeroportos e de considerar como vai ser dada a resposta à demanda que nos vamos ter por movimentação", afirmou a ministra.

 

Na avaliação da chefe da Casa Civil o governo terá um quadro mais preciso da demanda das companhias aéreas, da rede hoteleira e do consumo de alimentos, após os sorteios dos ingressos.

 

Ela afirmou ainda que o governo está fazendo levantamentos prévios, conversando com a Fifa e com as empresas para ajustar a atuação dos órgãos federais. "Já estamos fazendo pesquisa de campo, consultado, falando com a Fifa e empresas, porque queremos ter a certeza de que os preços praticados serão justos e que não vão explorar o consumidor brasileiro nem o estrangeiro nem o turista que vier aqui assistir à Copa. Queremos entrar em acordo com essas empresas para que elas possam oferecer preço bom e justo"

Veja também