(67) 99826-0686
Camara - marco

Construção deve cair pelo segundo ano consecutivo, afirma FGV

Construção Civil

19 NOV 2013
Aline Oliveira
19h52min
Divulgação

Uma pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) nesta segunda-feira (19), divulgou que o setor da construção civil continua em processo de desaceleração, a exemplo de 2012, quando teve inicio a queda da cadeia , incluindo obras e indústrias de materiais em 3,1%.

 

Só na construção, a queda do PIB (Produto Interno Bruto) foi de 2,9%. No entanto, o percentual ainda é preliminar e não leva em conta o resultado das empresas. O número final deve ser positivo segundo a coordenação de pesquisa da FGV. Informações complementares divulgam que o mau desempenho está relacionado com a dificuldade do govern em destravar os incentivos à infraestrutura, com o programa de concessões, que não deslanchou neste ano.

 

Em 2013, o PIB da construção deve ter um crescimento de 2%, inferior à estimativa do PIB nacional para o ano, de 2,5%. O crescimento, mesmo fraco, será impulsionado pelo gasto das famílias (principalmente em reformas), enquanto a participação das empresas deve ser reduzida. Já em 2014, o PIB do setor deve ficar em 3%, no mesmo patamar do nacional, segundo Castelo. Até o fim do ano, os números ainda podem ser revistos.

 

Já o setor imobiliário, apesar de ter surpreendido em alguns mercados, como o de São Paulo, teve quedas fortes em outros locais, como Minas Gerais e Brasília e apresentou um resultado fraco. Neste ano, o emprego no setor imobiliário caiu 1,3% até setembro.

 

Fonte: Valor Econômico

Veja também