Menu
domingo, 29 de novembro de 2020
Economia

Dólar recua ante o real após quatro altas seguidas

Dólar

13 novembro 2013 - 11h39Por Valor Econômico

O dólar apresentou uma  baixa nesta quarta-feira, após subir por quatro sessões consecutivas, nas quais acumulou valorização de 2,23% em quatro sessões. Ainda assim, o movimento é moderado e suficiente apenas para afastar a cotação da máxima em dois meses atingida ontem.

A venda de quase US$ 500 milhões em swaps cambiais tradicionais pelo Banco Central (BC), em operação que funcionou como uma injeção de recursos no mercado futuro, ajudou a ampliar a queda para a casa de R$ 2,32. Às 10h12, o dólar comercial cedia  0,42%, a R$ 2,3240, após mínima de R$ 2,3210 e máxima de R$ 2,3340. O dólar para dezembro recuava 0,40%, a R$ 2,3325, tendo oscilado entre R$ 2,3420 e R$ 2,3290.

Segundo o diretor de câmbio da Intercam Corretora, Jaime Ferreira, o que traz algum alívio ao dólar é a percepção de que o BC fará a rolagem integral dos US$ 10,11 bilhões em swaps cambiais tradicionais que vence m em 2 de dezembro, o que mostraria a preocupação da autoridade monetária com o risco de uma nova disparada da moeda. 

O BC fará hoje entre 14h30 e 14h40 mais um leilão de 20 mil contratos (US$ 1 bilhão). Ontem, rolou quase US$ 1 bilhão, cerca de 10% do lote vincendo em dezembro. Caso a autoridade monetária faça a rolagem integral dos papéis, adotará uma postura diferente de vista em novembro. Dos US$ 8,87 bilhões previstos para vencer em 1º de novembro, quase US$ 3 bilhões não foram rolados, o que equivaleu a uma retirada de dólares do sistema

Leia Também

Depois de assaltar pedestre, ladrão é preso ao sacar dinheiro em supermercado na Guaicurus
Polícia
Depois de assaltar pedestre, ladrão é preso ao sacar dinheiro em supermercado na Guaicurus
Tem vaga: 5 mil indígenas de MS são recrutados para colheita de maçã no RS e SC
Geral
Tem vaga: 5 mil indígenas de MS são recrutados para colheita de maçã no RS e SC
Chuva cai depois de 'calorão', mas mal molha o chão no Los Angeles
Cidade Morena
Chuva cai depois de 'calorão', mas mal molha o chão no Los Angeles
Sem sinalização específica, atropelamento de animais silvestres vira rotina no Parque dos Poderes
Cidade Morena
Sem sinalização específica, atropelamento de animais silvestres vira rotina no Parque dos Poderes