TJMS - novembro
tce novembro
Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
Economia

Indenizações por morte de motociclistas no trânsito diminuem em MS

Relatório aponta que durante a década, quase 200 mil pessoas morreram em acidentes com motocicletas no Brasil

02 setembro 2019 - 19h00Por Nathalia Pelzl

Em Mato Grosso Sul, em 10 anos, houve uma pequena diminuição no número de indenizações por morte de motociclistas. Em 2009, foram 284 vítimas, já em 2018, o número diminuiu para 253 indenizações. É o que aponta o  relatório estatístico semestral divulgado pelo Dpvat (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres)

Durante o período, no Brasil, foram pagos mais de 3,2 milhões de indenizações às vítimas de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Deste total, quase 200 mil pessoas morreram nas ocorrências indenizadas. No Estado, em 2018, foram pagas 5.695 indenizações, sendo 253 por morte de motociclistas no trânsito.

Até o momento, em todo país, a motocicleta foi a maior responsável pelo número de indenizações de uma maneira geral, sendo 71% por invalidez permanente e 8% para morte. Segundo o relatório, a maioria dos acidentes e indenizações envolvendo vítimas fatais foram de homens.

Com o aumento do tráfego de veículos diariamente, os motociclistas precisam redobrar a atenção ao trânsito em geral. Alguns cuidados podem evitar acidentes, entre eles, o uso do capacete com a regulagem correta na jugular; não ultrapassar pela direita; quando andar no corredor, na hora de ultrapassar, atenção redobrada; entre tantos outros.