(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Empresa da Capital se especializa na produção de suplementos esportivos

Economia Local

18 DEZ 2013
Aline Oliveira
09h00min
Foto: Geovanni Gomes

O mercado de produtos naturais e suplementos esportivos vêm crescendo 20% a cada ano em todo Brasil e em Campo Grande, não é diferente. Desde 2009, a empresa Mix Nutri se especializou em produzir uma linha que conta com 120 produtos diferenciados que são comercializados em drogarias, farmácias de manipulação, loja de suplementos e distribuidoras.

 

O casal de empresários Danilson e Evelyn Charro destacou que a procura e aceitação dos produtos tem sido muito boa e que já estão planejando a ampliação do espaço para atender ainda mais clientes. “O mercado é competitivo e está aquecido nos últimos anos, então trabalhamos para crescer ainda mais. Atualmente nosso maior concorrente no setor de suplementos é a Midway que é distribuída na rede São Bento, mas na linha de naturais estamos nos destacando”, explicou Charro.

 

Tanto que os proprietários já se regularizaram junto ao governo do Estado, para pleitear incentivos fiscais que possibilitem a construção de uma fábrica própria. “Temos uma área próxima a UCDB e um projeto em fase final de conclusão. Falta agora captar recursos e darmos entrada no pedido de apoio por parte do Prodes, no início de 2014”, detalhou.

 

Linha de produção – Charro comentou que o carro-chefe da Mix Nutri são os produtos naturais, porém resolveu arriscar em investir no segmento de suplementos e acabou dando certo. Ele revelou que o setor apresenta algumas dificuldades e é preciso de muita seriedade e dedicação para se manter em evidência. “Existe muita terceirização de empresas que utilizam produtos ou embalagens de outras empresas, e o pior, manipulam os percentuais dos ingredientes. Com isso eles oferecem preços muito abaixo do que é cobrado pelos empresários sérios, enganando a população”, alertou.

 

Para fortalecer a marca e ampliar as opções, os empresários formalizaram uma parceria com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e contrataram dois estagiários do curso de nutrição. “O resultado foi muito positivo, tanto que estamos desenvolvendo um projeto científico de um shake de emagrecimento, com auxílio de docentes da UFGD. Também oferecemos apoio, fornecendo alguns materiais reagentes para aumentar as pesquisas no segmento”, relatou Evelyn.

 

Patrocínio de atletas – Outra linha de investimento do casal é o patrocínio de atletas do Estado. Eles contam que atualmente apoiam seis atletas, sendo dois na área de fisiculturismo e mais três em outras modalidades. “Patrocinamos nomes como: Brender Camillo e Viviane Mantilha no fisiculturismo, Fabiano Piratelli (Ciclismo), Larissa Farias (Judoca) e Gleison Mamute (Box). Acreditamos que além de incentivar os talentos de Mato Grosso do Sul, estamos divulgando nossa linha de produtos esportivos para outras regiões brasileiras”, acrescentou Evelyn.

 

Além disso, a empresa já colocou em prática desde agosto, a primeira experiência de franquia, com uma loja que leva o nome da marca Mix Nutri, na Rua Pedro Celestino. “O espaço leva o nosso nome e os nossos produtos e já recebemos convites para instalar novas lojas no interior, como Corumbá, Três Lagoas e Dourados. No entanto, estamos tendo cuidado para não dar um passo maior que a perna, queremos ampliar nossa atuação no mercado e oferecer suporte adequado”, garantiu.

 

Números do mercado - O mercado global de suplementos atingiu US$ 150 bilhões a dois anos, com crescimento médio de 20% e estimativa de ultrapassar US$ 200 bilhões em vendas. A América Latina está em terceiro lugar mundial, no ranking de vendas, absorvendo uma fatia de 3,1%. No Brasil, estima-se que apenas quatro milhões de pessoas consumam suplementos e devem movimentar cerca de R$ 760 milhões este ano.

Foto: Geovanni Gomes
Foto: Geovanni Gomes
Foto: Geovanni GomesSegundo o fabricante, a matéria prima da linha esportiva é importada. Foto: Geovanni Gomes

Veja também