Menu
sexta, 04 de dezembro de 2020
Economia

Empresas do ramo da construção civil passarão a recolher a contribuição patronal de 2%

Contribuição

21 outubro 2013 - 06h50Por Ana Rita Chagas

Empresas do ramo da construção civil passarão a recolher a contribuição patronal, antes de 20% sobre os salários, na forma de 2% sobre o faturamento bruto. A medida entra em vigor a partir de 1° de novembro e irá contemplar empresas  que estiveram dentro  da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAES).

A desoneração aplicada ao setor de construção civil teve vigência por dois meses (abril e maio), por força da Medida Provisória 601/12, que expirou antes de ser votada pelo Congresso Nacional, e depois foi reestabelecida pela Lei nº. 12.844/2013, publicada em junho.

Neste período que se estende até 31 de outubro, a forma de recolhimento da contribuição previdenciária de 20% sobre folha de pagamento ou de 2% sobre a receita bruta ainda é optativa. Só a partir de 1º de novembro as empresas estarão obrigadas a retornar a regra da desoneração de folha de pagamento.

Leia Também

Campanha Nome Limpo da ACICG termina na próxima sexta-feira
Economia
Campanha Nome Limpo da ACICG termina na próxima sexta-feira
Chuva foi ontem, mas quase 20 bairros seguem sem energia em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva foi ontem, mas quase 20 bairros seguem sem energia em Campo Grande
Justiça decide pela prisão de jovem que matou namorada para defender bebê
Polícia
Justiça decide pela prisão de jovem que matou namorada para defender bebê
Denúncia diz que funcionários de loja no Centro estavam com Covid-19, mas Sindicato desmente
Cidade Morena
Denúncia diz que funcionários de loja no Centro estavam com Covid-19, mas Sindicato desmente