Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
GOV FEMINICIDIO
Economia

Governo do estado sanciona Regime de Previdência que prevê desconto de 14% aos servidores

Descontos serão entre R$ 130 a R$ 700 dependendo do salário de cada funcionário

22 maio 2020 - 10h00Por Rayani Santa Cruz

O governo do estado sancionou nesta sexta-feira (22) a Lei Complementar, que altera o Regime Próprio de Previdência Social do Estado de Mato Grosso do Sul. 

A publicação foi realizada no Diário Oficial e os servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas, com exceção da Polícia e Bombeiro Militar deverão contribuir com 14% na alíquota da previdência estadual. Os descontos em folha começam a partir do dia 1 de janeiro de 2021. 

Veja o que muda

Antes da lei, os servidores públicos ativos que recebiam abaixo do teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), no valor de R$ 6.101,06 contribuíam com 11% com a Previdência, ou seja, o valor era descontado em cima do salário recebido. Agora, houve o aumento de 3%, passando para 14%.

Antes da lei, os aposentados que recebiam até R$ 6.101,06 não tinham o desconto no pagamento, eram isentos. E somente, quem ganhava acima disso contribuía com 11%. Agora, todos os aposentados com salários a partir do mínimo devem contribuir com 14%.

O projeto de lei que faz parte da Reforma da Previdência Estadual foi aprovado rapidamente após ser apresentado pelo Poder Executivo, e causou revolta nas categorias de servidores públicos estaduais. Eles pediam ampla discussão, e fizeram carreata na quarta-feira (20), mesmo com decreto municipal proibindo a ação. 

Polícia Militar e Bombeiro Militar

Devido à lei federal 13.954/2019 Policiais Militares e Bombeiros Militares alcançaram simetria junto a Forças Armadas. Agora a previdência deles é regida pelo Sistema de Proteção Social do governo federal, com descontos a ativos, inativos e pensionistas de 9,5% desde o mês de março. Em 2021, o desconto geral passa para 10,5%.

 

Leia Também

Tribunal do Trabalho nega danos morais coletivos por morte do adolescente Wesner em lava jato
Cidade Morena
Tribunal do Trabalho nega danos morais coletivos por morte do adolescente Wesner em lava jato
NÃO VAI TER FIM? Brasileiros mortos pela covid-19 já chegam a 34.021
Geral
NÃO VAI TER FIM? Brasileiros mortos pela covid-19 já chegam a 34.021
Registro mostra que PM foi imparcial em ocorrência com tiro de Guarda Municipal
Cidade Morena
Registro mostra que PM foi imparcial em ocorrência com tiro de Guarda Municipal
Estudo que demonizava cloroquina é falho e autores tiram texto de site
Geral
Estudo que demonizava cloroquina é falho e autores tiram texto de site