Menu
quarta, 27 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Economia

Inadimplência do consumidor volta a subir

Dívidas

16 dezembro 2013 - 13h00Por da redação

Os brasileiros estão conseguindo honrar mais os compromissos financeiros neste ano em comparação ao ano passado. Mas, pela segunda vez seguida, em novembro, o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor apresentou elevação com taxa de 1,7% superior a outubro. No acumulado de janeiro a novembro, o resultado ainda é queda (1,5%). Sobre o mesmo mês de 2012, o indicador aponta recuo de 10,3%.

Os economistas da Serasa Experian acreditam que o consumidor teve mais dificuldade em pagar os débitos em dia por causa da sequência de elevações das taxas de juros e o consequente aumento do custo financeiro das dívidas.

As dívidas não bancárias (assumidas por meio dos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) aumentaram 4,6%. Os atrasos no pagamento aos bancos cresceram 0,9%. Em relação aos títulos protestados foi constatada alta de 2,6%. Já no caso dos cheques sem fundos houve queda de 8,5%.

No acumulado de janeiro a novembro, comparado a igual período do ano passado, o valor médio das dívidas não bancárias recuou 3,9%, passando de R$ 330,84 para R$ 317,92. Também houve queda na quantia referente aos títulos protestados (- 4,2%). O valor devido aos bancos e não quitado no prazo nesse período avançou 0,9%, de R$ 1.299,87 para R$ 1.311,75. A soma em atraso que mais cresceu foi a de cheques sem fundo (8,2%): atingiu R$ 1.646,67 ante R$ 1.521,27.

Leia Também

Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Geral
Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
Geral
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Política
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul
Interior
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul