Menu
Busca segunda, 20 de janeiro de 2020
Economia

Isenção de imposto para compras no exterior passa de US$ 500 para US$ 1000

Compras feitas na fronteira terrestre também foram alteradas

06 dezembro 2019 - 19h18Por Thiago de Souza

O limite de compras no exterior sem pagar impostos passará de US$ 500 para US$ 1000, anunciou nesta sexta-feira (6), o governo brasileiro. Países membros do Mercosul aprovaram a elevação do limite de isenção para viagens aéreas e marítimas.

Conforme a Agência Brasil, recentemente o governo também decidiu que o aumento do limite de compras isentas de impostos para quem cruza a fronteira do Brasil por via terrestre ou por rio de US$ 300 para US$ 500 por pessoa, a partir de janeiro de 2020. A regra beneficia quem cruza a fronteira do Brasil com o Paraguai, por exemplo.

O governo também vai ampliar, a partir do próximo ano, o limite para compras em free shops, que vai passar dos atuais US$ 500 para US$ 1.000. Os valores acima das cotas de isenção podem ser tributados pela Receita Federal.

Porém, a medida para compras no exterior, via aérea ou marítima, ainda não tem data para entrar em vigor, já que depende da regulamentação de cada país membro do Mercosul.