tce agosto
Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Economia

Justiça mantém decisão que proíbe validade para créditos de celulares pré-pagos

Decisão

17 outubro 2013 - 20h15Por Aline Oliveira

Na última quarta-feira a 5ª Turma do  TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) manteve a decisão que proíbe as operadoras de telefonia móvel estabelecerem prazo de validade para créditos pré-pagos em todo país. Em agosto, o tribunal atendeu pedido de proibição feito pelo Ministério Público. A questão cabe recursos, mas a decisão de hoje deverá ser cumprida imediatamente.

 

Os desembargadores analisaram recursos apresentados pela operadoras TIM e Telefônica e pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As recorrentes alegam que a primeira decisão do tribunal não foi clara em relação às operadoras atingidas pela decisão, à reativação dos créditos expirados, a linhas canceladas e a antigos usuários.

 

O relator do processo, desembargador federal Souza Prudente, negou os recursos por entender que não houve contradições no acórdão, texto final da decisão do colegiado. Segundo o desembargador, cabe à Anatel, agência reguladora do setor, cumprir e estender a decisão a todas as operadoras.

 

Sobre a reativação dos créditos expirados, o desembargador ressaltou que a primeira decisão deixou claro que as operadoras devem “reativar, no prazo de 30 dias, o serviço de telefonia móvel em prol de todos os usuários que o tiveram interrompido”.

Leia Também

Prefeitura e Defensoria fazem acordo para evitar lockdown em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura e Defensoria fazem acordo para evitar lockdown em Campo Grande
Médico que lutava contra câncer no cérebro há 20 anos morre em Coxim
In Memoriam
Médico que lutava contra câncer no cérebro há 20 anos morre em Coxim
Grávida é presa por cortar pênis do marido ao descobrir traição na... NIGÉRIA
Geral
Grávida é presa por cortar pênis do marido ao descobrir traição na... NIGÉRIA
Delegado de MS segue internado com covid no Albert Eintein
Cidades
Delegado de MS segue internado com covid no Albert Eintein