Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
Economia

LATAM nega redução de voos e afirma que vai aumentar número de viagens a partir de Campo Grande

Senadores e deputados federais de MS já estudavam criação de CPI para investigar aumento nas passagen

27 junho 2019 - 18h13Por Celso Bejarano, de Brasília

Gislaine Rossetti, diretora de relações institucionais e regulatório da LATAM, companhia aérea que faz voos de Campo Grande para Brasília, endereçou nesta quinta-feira (27) um comunicado a bancada federal de Mato Grosso do Sul , afirmando que não é intenção da empresa em reduzir o número de viagens para a capital brasileira e promete, ainda, que, em agosto, deve ampliar o número viagens para a cidade.

Na quarta-feira (26) a bancada se juntou em Brasília  (sete deputados federais e 1 senador, parlamentares que participaram da reunião) e cobrou medidas da direção da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Três empresas aéreas atuam em Mato Grosso do Sul. Os voos foram reduzidos a partir de março passado com a quebra da Avianca, que explorava o mercado no Estado.

De acordo com a bancada, que divulgou inclusive a intenção de criar uma CPI para investigar o crescente aumento das passagens aéreas a partir de Campo Grande. Do ano passado para cá, segundo parlamentares da bancada houve um aumento de 53% nas passagens.

“Esclarecemos que dentro de nosso planejamento sazonal de malha, desde janeiro deste ano havíamos ampliado a operação entre Campo Grande e Brasília de 14 para 20 voos semanais. A partir de 4 de agosto, a operação volta para o seu padrão de 14 voos semanais – agora com melhores horários – sendo que seguiremos atentos a oportunidades de reforçar nossa operação no Mato Grosso do Sul”, diz trecho da nota da LATAM linhas aéreas.

VEJA A NOTA DA LATAM

“Excelentíssimos Senhores Senadores Nelsinho Trad Simone Tebet Soraya Thronicke. Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputadas(os) Federais Beto Pereira Bia Cavassa Dagoberto Nogueira Dr. Luiz Ovando Fábio Trad Loester Trutis Rose Modesto Vander Loubet.

Com nossos respeitosos cumprimentos, gostaríamos de informar que a LATAM oferece um voo diário entre Campo Grande e Brasília – um total de 14 voos semanais - - e esclarecemos que nosso planejamento não prevê reduções nessa rota.

Aproveitamos para informar Vossas Excelências sobre alterações positivas que teremos no trecho entre a capital sul-matogrossense e a capital federal: a partir de 4 de agosto, teremos voos com decolagem de Campo Grande no início da manhã, de modo a que a chegada a Brasília seja no início do dia, entre 5h50 e 7h15.

Já no sentido contrário (Brasília-Campo Grande), teremos voos com decolagem de Brasília nos horários da noite. Desse modo, os passageiros que voam a partir da capital do Mato Grosso do Sul, poderão acessar Brasília passando todo o período do dia na capital federal e sem a necessidade de pernoite.

A alteração traz mais conforto, principalmente para o passageiro corporativo, que viaja frequentemente e tem pouco tempo disponível. O voo LA4750 decolará de Campo Grande às 3h15 às segundas-feiras, e às 4h35, de terça a sexta, pousando em Brasília às 5h50 às segundas, e às 7h15, de terça a sexta. Aos sábados, haverá duas saídas de Campo Grande, uma às 7h20 (voo LA3750), com chegada a Brasília às 10h, e outra às 8h10 (voo LA4669), com chegada a Brasília às 10h45.

Já em Brasília, de segunda a sexta-feira, teremos um voo (LA3773) com decolagem às 19h50 e chegada a Campo Grande às 20h35. Aos domingos, haverá um voo (LA3415), com decolagem de Brasília às 23h30 e chegada a Campo Grande à 0h15.

Em Brasília, haverá ainda um voo aos sábados para Campo Grande (LA4787), com decolagem às 6h45, e pouso às 7h30. Esclarecemos também que, dentro do nosso planejamento sazonal de malha, desde janeiro deste ano havíamos ampliado a operação entre Campo Grande e Brasília de 14 para 20 voos semanais.

A partir de 4 agosto, a operação volta para o seu padrão de 14 voos semanais – agora com melhores horários – sendo que seguiremos atentos a oportunidades de reforçar nossa operação no Mato Grosso do Sul".