Menu
Busca domingo, 19 de janeiro de 2020
Economia

Ministério diz que morte de líder militar não afeta extração de petróleo

Alguns funcionários de empresas petrolíferas deixaram o país após o ataque

03 janeiro 2020 - 14h04Por Dany Nascimento

O Ministério do Petróleo do Iraque emitiu um comunicado alegando que a situação nos campos de produção e extração em todo o país continua normal, pedindo calma aos mercados. De acordo com o R7, apesar do comunicado, o preço do barril do Brent subia 3,82% no início da tarde, cotado a US$ 68,77, e o do Texas (WTI) avançava 3,64%, para US$ 63,41.

Alguns funcionários de empresas petrolíferas deixaram o país após o ataque dos Estados Unidos em Bagdá, que culminou com a morte de um dos principais líderes militares do Irã.A pasta negou que os funcionários estrangeiros que trabalham nas companhias petrolíferas no sul do Iraque tenham deixado o país, com exceção de alguns de nacionalidade americana.

Já a Embaixada dos Estados Unidos no Iraque pediu aos cidadãos americanos que deixem imediatamente do país e recomendou que o façam preferivelmente por avião.