Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Economia

Mercedes-Benz e Fiat consideram veículos flex melhores que elétricos

Indústria Automotiva

13 dezembro 2013 - 15h16Por Ascom UNICA

Frequentemente apontados como solução para reduzir o impacto do transporte no meio ambiente, hoje os veículos elétricos ainda estão longe de ser uma realidade amplamente acessível, pelo menos no Brasil. Esta é a opinião do presidente da Mercedes-Benz do Brasil, Phillipp Schiemer, e também do presidente da Fiat, Cledorvino Belini.

 

Os executivos concordam que o carro movido a etanol é a mais viável e eficiente alternativa para reduzir a poluição e argumentam que o carro elétrico seria pouco viável no Brasil, por conta da falta de infraestrutura no setor de energia. Já o carro híbrido, movido a gasolina e energia elétrica, seria ineficiente. As afirmações foram feitas durante o Fórum Estadão Região Sudeste, promovido pelo Grupo Estado no final de novembro.

 

Segundo Phillip Schiemer, a rede elétrica no País não comportaria a utilização em massa de veículos elétricos. "Imagine se dez moradores resolvessem usar a tomada para abastecer seus carros ao mesmo tempo em um edifício. Isso provocaria um blecaute na cidade inteira," brincou.

 

Ainda de acordo com o presidente da Mercedes-Benz, a tecnologia dos carros elétricos precisa ser aperfeiçoada, pois abastecer um veículo em uma tomada comum demora pelo menos dez horas. “No Brasil, as condições atuais da tecnologia e infraestrutura não recomendam o uso de carros elétricos ou híbridos.”

 

Já o presidente da Fiat considera o etanol a melhor alternativa de combustível para os carros no Brasil. "Com os motores flex, o etanol sem dúvida é melhor que os elétricos ou híbridos em termos de eficiência e redução de impacto ambiental," afirmou.

 

O consultor em Emissões e Tecnologia da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Alfred Szwarc, endossa a posição dos presidentes das montadoras e conclui: “É um grande desafio colocar carros elétricos em larga escala no mercado automotivo brasileiro, que já apresenta uma solução eficiente para reduzir a poluição, o etanol de cana-de-açúcar.”

Leia Também

Arte mural ainda enfrenta preconceito mesmo com crescimento de artistas
Campo Grande
Arte mural ainda enfrenta preconceito mesmo com crescimento de artistas
Duas mulheres morrem eletrocutadas após vendaval derrubar poste
Geral
Duas mulheres morrem eletrocutadas após vendaval derrubar poste
Policiais salvam pessoas ilhadas em carros durante temporal em Campo Grande
Campo Grande
Policiais salvam pessoas ilhadas em carros durante temporal em Campo Grande
Pitbull é vítima de maus-tratos e dono é multado pelo descaso em MS
Interior
Pitbull é vítima de maus-tratos e dono é multado pelo descaso em MS