Menu
quinta, 22 de outubro de 2020
Economia

Mato Grosso do Sul fechou novembro com saldo negativo no mercado de trabalho

Caged

20 dezembro 2013 - 15h25Por Carlos Guessy

MS encerrou novembro com saldo negativo no mercado de trabalho. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde de hoje pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o déficit foi de 72 postos, resultando da contratação de 21.275 trabalhadores e desligamento de outros 21.347.

Dos oito setores considerados no Caged, apenas dois apresentaram saldo positivo.

Os segmentos que mais colaboraram para o resultado modesto do Estado foram: serviços, com fechamento de 610 empregos (5.586 admissões e 6.196 desligamentos), e agropecuária, com saldo de -473 vagas (2.573 contratações e 3.046 demissões).

Também apresentaram déficits as seguintes atividades: indústria de transformação (-332), extrativismo mineral (-43), serviços industriais de utilidade pública (-5). A administração pública contratou apenas uma pessoa e desligou outra, chegando ao final do mês com saldo zero.

Os setores que impediram um resultado ainda menor foram a construção civil e o comércio. No primeiro, foram admitidos 3.238 trabalhadores e desligados 2.849, saldo de 389 empregos.

O desempenho do comércio se relaciona ao aumento sazonal das contratações em razão do aquecimento das vendas. Com a necessidade de admissão de temporários, o setor encerrou o mês com saldo de 1.002 postos de trabalho, foram 5.959 contratações e 4.957 desligamentos.  

Leia Também

Amigos pedem ajuda por usuário de drogas em surto no Colibri: 'precisa ser internado'
Cidade Morena
Amigos pedem ajuda por usuário de drogas em surto no Colibri: 'precisa ser internado'
Culpa do Bolsonaro? Butantan acusa Anvisa de retardar chegada de produtos para vacina
Geral
Culpa do Bolsonaro? Butantan acusa Anvisa de retardar chegada de produtos para vacina
É da ruim: PF apreende quase meia tonelada de cocaína em Ponta Porã
Interior
É da ruim: PF apreende quase meia tonelada de cocaína em Ponta Porã
Candidato nega 'autopromoção' e que assessor usou perfil por engano para comentar no Facebook
Interior
Candidato nega 'autopromoção' e que assessor usou perfil por engano para comentar no Facebook