(67) 99826-0686
Camara Maio

Procon aponta variação de até 217% no preço da carne em Campo Grande

O levantamento foi feito entre os dias 12 e 15 de dezembro, na Capital

21 DEZ 2016
Procon MS
16h54min

Em complemento à pesquisa de produtos da ceia natalina, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), divulgou nesta quarta-feira (21) pesquisa de preços de carnes, realizada em nove estabelecimentos comerciais de Campo Grande.

O levantamento foi feito entre os dias 12 e 15 de dezembro, na Capital, e inclui carnes bovina, ovina, suína e aves. A maior diferença apontada no levantamento é a do preço da picanha, que chega a variar de R$ 16,39 a R$ 51,99, cerca de 217%. A pesquisa apresenta também uma análise de preços, apontando quais estabelecimentos têm os maiores e os menores preços.

A superintendente para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), Rosimeire Cecília da Costa, destaca que “os preços dos produtos da ceia de natal em sua grande maioria são importados e apresentam grande variação e, como o churrasco é tradicional em Mato Grosso do Sul, o levantamento de preços pretende auxiliar o consumidor a fazer sua festa planejada com os menores preços”.

A pesquisa completa realizada nos supermercados de Campo Grande pode ser consultada no site www.procon.ms.gov.br, no item “Pesquisa de Preços”.

Veja também