Menu
terça, 01 de dezembro de 2020
Economia

Petroleiros iniciam amanhã paralisação em protesto ao leilão do Campo de Libra

Petrobras

16 outubro 2013 - 20h40Por Aline Oliveira
Petroleiros iniciam amanhã paralisação em protesto ao leilão do Campo de Libra

Os petroleiros de várias regiões brasileiras iniciam amanhã (17), uma paralisação para protestar contra o leilão do Campo de Libra, no pré-sal da bacia de Santos. A greve começa a partir da meia noite e permanecerá por tempo indeterminado.

 

De acordo com a FUP (Federação Única dos Petroleiros), o movimento envolverá funcionários que vão desde as refinarias até as unidades administrativas da Petrobras, Transpretro e outras subsidiárias.  A entidade congrega 12 sindicatos de trabalhadores do grupo Petrobras, perfazendo cerca de 70% do quadro total da companhia no país.

 

A categoria promete fazer protestos nesta quinta-feira, nas principais capitais do país para denunciar os riscos á soberania e os prejuízos que o Brasil terá caso Libra seja apropriada por petroleiras transnacionais."Por lei, o governo pode permitir que esse reservatório fique inteiramente com a estatal, mas em vez disso querem entregar o tesouro às multinacionais", afirma em nota o coordenador da FUP, João Antônio Morais.

 

O leilão de Libra está marcado para próxima segunda-feira (21), no Rio de Janeiro. Trata-se da maior descoberta na camada até agora, com reservas recuperáveis entre 8 e 11 bilhões de barris de petróleo. A licitação renderá ao governo um bônus imediato de R$ 15 bilhões que terá de ser pago pelo vencedor e ajudará a fechar as contas nacionais em 2013.

Leia Também

Pai denuncia ex-namorada por queimar bebê de 1 ano com cigarro
Polícia
Pai denuncia ex-namorada por queimar bebê de 1 ano com cigarro
Homem trans dá à luz sua filha e comemora nas redes sociais
Algo mais
Homem trans dá à luz sua filha e comemora nas redes sociais
Ex-prefeito Geraldo Marques tem direitos políticos suspensos e terá que pagar R$ 329 mil
Interior
Ex-prefeito Geraldo Marques tem direitos políticos suspensos e terá que pagar R$ 329 mil
Deputada tenta barrar novo aumento na tarifa de energia elétrica: 'a pandemia não acabou'
Geral
Deputada tenta barrar novo aumento na tarifa de energia elétrica: 'a pandemia não acabou'