Menu
segunda, 26 de outubro de 2020
Economia

Procon pesquisa 205 itens que mostram varação na castanha do Pará

Procon

29 novembro 2013 - 11h30Por Da Redação

O Procon divulgou nesta sexta-feira (29) a pesquisa de preços dos produtos natalinos realizada em oito estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Os 205 itens pesquisados, no último dia 25, mostram que a maior variação no quilo da castanha do Pará, comercializada com preço máximo de R$ 24,90 e preço mínimo de R$ 9,80. Uma diferença no valor absoluto de R$ 15,10,representando variação de 154,1%.

Na lista das dez maiores variações ainda estão o Guaraná Kuat de 2 litros (104,9%), a uva passa escura sem semente (87,6%), a Cidra Cereser Maça (79,4%), Cidra Cereser sem álcool (67,7%), o Sprite de 2 litros (61,9%), o vinho Sangue de Boi de 4 litros (61,6%), o filtrado Salton Demi Sec de 750 ml (55%), a uva passa clara sem semente (48%) e o panetone Santa Edwiges frutas de 500 gramas (44,7%).

O levantamento do Procon mostra, ainda, que os produtos analisados na pesquisa apresentaram alta de 8%, quando comparados aos preços praticados no mesmo período de 2012. O órgão de defesa do consumidor fará outro levantamento de preços e uma segunda pesquisa será divulgada no dia 19 de dezembro, data mais próxima à festa natalina.

De acordo com o superintendente do Procon, Alexandre Resende, à medida que a data se aproxima os preços nos estabelecimentos que comercializam produtos natalinos tendem a apresentar queda. Durante a pesquisa foi constatado que os estabelecimentos ainda estão se adequando para as vendas do fim de ano.

Leia Também

Vídeo: telhado de barracão ‘voa’ durante temporal em Dourados
Interior
Vídeo: telhado de barracão ‘voa’ durante temporal em Dourados
Anjinho: Ravi vai salvar vidas com doação de córneas e rins
Cidades
Anjinho: Ravi vai salvar vidas com doação de córneas e rins
Mato Grosso do Sul ultrapassa 80 mil casos do coronavírus
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul ultrapassa 80 mil casos do coronavírus
Filho de vereador precisa encontrar doador de medula óssea compatível
Cidade Morena
Filho de vereador precisa encontrar doador de medula óssea compatível