TCE SETEMBRO
Menu
quinta, 23 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Sebrae
Economia

Procon pesquisa 205 itens que mostram varação na castanha do Pará

Procon

29 novembro 2013 - 11h30Por Da Redação

O Procon divulgou nesta sexta-feira (29) a pesquisa de preços dos produtos natalinos realizada em oito estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Os 205 itens pesquisados, no último dia 25, mostram que a maior variação no quilo da castanha do Pará, comercializada com preço máximo de R$ 24,90 e preço mínimo de R$ 9,80. Uma diferença no valor absoluto de R$ 15,10,representando variação de 154,1%.

Na lista das dez maiores variações ainda estão o Guaraná Kuat de 2 litros (104,9%), a uva passa escura sem semente (87,6%), a Cidra Cereser Maça (79,4%), Cidra Cereser sem álcool (67,7%), o Sprite de 2 litros (61,9%), o vinho Sangue de Boi de 4 litros (61,6%), o filtrado Salton Demi Sec de 750 ml (55%), a uva passa clara sem semente (48%) e o panetone Santa Edwiges frutas de 500 gramas (44,7%).

O levantamento do Procon mostra, ainda, que os produtos analisados na pesquisa apresentaram alta de 8%, quando comparados aos preços praticados no mesmo período de 2012. O órgão de defesa do consumidor fará outro levantamento de preços e uma segunda pesquisa será divulgada no dia 19 de dezembro, data mais próxima à festa natalina.

De acordo com o superintendente do Procon, Alexandre Resende, à medida que a data se aproxima os preços nos estabelecimentos que comercializam produtos natalinos tendem a apresentar queda. Durante a pesquisa foi constatado que os estabelecimentos ainda estão se adequando para as vendas do fim de ano.

Leia Também

Rinaldo vê sensibilidade do Governo e Assembleia na redução do ICMS das contas de luz
Campo Grande
Rinaldo vê sensibilidade do Governo e Assembleia na redução do ICMS das contas de luz
PF em Corumbá prende boliviana envolvida no desastre do avião da Chapecoense
Interior
PF em Corumbá prende boliviana envolvida no desastre do avião da Chapecoense
Jovem que matou amiga com tiro na nuca pega 12 anos de prisão em Ivinhema
Interior
Jovem que matou amiga com tiro na nuca pega 12 anos de prisão em Ivinhema
Pedreiro é executado por dupla em moto em frente de obra em Aral Moreira
Interior
Pedreiro é executado por dupla em moto em frente de obra em Aral Moreira