(67) 99826-0686
Camara Maio

Procon pesquisa 205 itens que mostram varação na castanha do Pará

Procon

29 NOV 2013
Da Redação
11h30min
Foto Edemir Rodrigues

O Procon divulgou nesta sexta-feira (29) a pesquisa de preços dos produtos natalinos realizada em oito estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Os 205 itens pesquisados, no último dia 25, mostram que a maior variação no quilo da castanha do Pará, comercializada com preço máximo de R$ 24,90 e preço mínimo de R$ 9,80. Uma diferença no valor absoluto de R$ 15,10,representando variação de 154,1%.

Na lista das dez maiores variações ainda estão o Guaraná Kuat de 2 litros (104,9%), a uva passa escura sem semente (87,6%), a Cidra Cereser Maça (79,4%), Cidra Cereser sem álcool (67,7%), o Sprite de 2 litros (61,9%), o vinho Sangue de Boi de 4 litros (61,6%), o filtrado Salton Demi Sec de 750 ml (55%), a uva passa clara sem semente (48%) e o panetone Santa Edwiges frutas de 500 gramas (44,7%).

O levantamento do Procon mostra, ainda, que os produtos analisados na pesquisa apresentaram alta de 8%, quando comparados aos preços praticados no mesmo período de 2012. O órgão de defesa do consumidor fará outro levantamento de preços e uma segunda pesquisa será divulgada no dia 19 de dezembro, data mais próxima à festa natalina.

De acordo com o superintendente do Procon, Alexandre Resende, à medida que a data se aproxima os preços nos estabelecimentos que comercializam produtos natalinos tendem a apresentar queda. Durante a pesquisa foi constatado que os estabelecimentos ainda estão se adequando para as vendas do fim de ano.

Veja também