Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
GOV FEMINICIDIO
Economia

Produtores em MS plantam média de 30 mil hectares de soja diariamente

Safra 2013/2014

21 outubro 2013 - 19h00Por Aline Oliveira

A  Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS), do sistema Famasula divulgou hoje que os agricultores do Estado estão plantando em média 30 mil hectares de soja diariamente. A área somada se aproxima dos 800 mil hectares, equivalendo a 37,9% do total estimado para a safra 2013/2014.

 

Segundo as informações do SIGA (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) a área total para o ciclo da cultura em Mato Grosso do Sul é de 2,1 milhões de hectares, tamanho que irá superar em 5,5% a safra passada. Os analistas da Famasul informaram que o Estado registra aumento da área plantada destina aos grãos, ocupando o que antes era destinado à pecuária. Um exemplo de aproveitamento de espaço com integração de culturas vem da região Sul. Lá os agricultores apostam na união de culturas diferentes aliadas ao cultivo da soja.

 

Os municípios com destaque na evolução do plantio são até o momento: Naviraí, Laguna Carapã e Juti. O Centro-Norte semeou 29,7% do total destinado ao grão, sendo Sonora, Nova Alvorada do Sul e Pedro Gomes, os mais ágeis.

 

Segundo a Famasul, a valorização da saca de 60 quilos de soja no Estado em relação ao início do mês de outubro foi de 6,4%, chegando a custar média de R$ 67,56. As maiores cotações são registradas nos municípios de Dourados e Campo Grande, onde chegam a custar R$ 67 e R$ 66, respectivamente.

 

Leia Também

Transferências milionárias em contas operadas por Ricardo Salles são descobertas
Política
Transferências milionárias em contas operadas por Ricardo Salles são descobertas
Geral
INFORME PUBLICITÁRIO
Homem é executado durante partida de futebol em Sidrolândia
Polícia
Homem é executado durante partida de futebol em Sidrolândia
INDÚSTRIA: Pesquisa aponta que 22% das empresas só conseguirão se manter ativas por mais 1 mês
Economia
INDÚSTRIA: Pesquisa aponta que 22% das empresas só conseguirão se manter ativas por mais 1 mês