Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Economia

Sem burocracia, Banco Cidadão emprestou quase R$ 1 milhão em 2015

15 setembro 2015 - 11h48Por Assessoria

Sem burocracia na oferta de linhas de crédito e com parcelas baixas de financiamento, o Banco Cidadão concedeu aproximadamente R$ 1 milhão em créditos para clientes de diversas cidades de Mato Grosso do Sul de janeiro a agosto de 2015. Nesse mesmo período, segundo o diretor-presidente da Fundação de Trabalho do Estado, Wilton Acosta, a quantidade de pessoas atendidas pela instituição de microcrédito quase dobrou. “Passamos de 168 clientes entre 2013 e 2014 para 240 só nos oito primeiros meses ano”, destacou.

O ideal do banco é fazer com que os recursos cheguem a mais pessoas, explicou Wilton. Segundo ele, em anos passados a instituição oferecia valores altos para poucos clientes. Atualmente, os recursos foram espalhados para serem ofertados aos pequenos, micros e nanos empreendedores.

O formato falado pelo diretor-presidente se enquadra na linha de crédito MS Cidadão – que oferta de R$ 500 a R$ 1 mil, não precisa de avalista e tem sido frequentemente procurada por empreendedores que precisam de um incentivo para avançar com o próprio negócio. “Esse programa contribui para agregar a renda doméstica, mesmo quando a pessoa não é formalizada. Por exemplo, podem ter acesso a boleira, a costureira, a manicure e o dono do carrinho de cachorro-quente”, disse Wilton.

Lançada em fevereiro desse ano, a linha de crédito MS Cidadão já beneficiou centenas de empreendedores. Entre os primeiros está o Wesley Leandro de Souza, 18 anos, que conseguiu R$ 1 mil para montar e equipar uma sorveteria em Campo Grande, e o Deomedes Beomonte de Arruda, 58, que financiou R$ 800 para trabalhar com uma garaparia, também na Capital. “Parece pouco, mas para essas pessoas é fundamental. É um público que a gente quer atingir, que não tem acesso a linhas de crédito de outras instituições”, falou Wilton.