Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Economia

Serasa: Janeiro registra mais de 150 mil tentativas de fraude

15 março 2016 - 14h17Por Da Redação

Na Semana do Consumidor, cidadão pode se prevenir com o MeProteja, serviço antifraude que avisa por e-mail e mensagem de celular toda vez que o CPF dele for consultado, com 50% de desconto. Parcelas atrasadas que podem gerar negativação também são comunicadas.

Em janeiro de 2016 foram registradas 150.643 tentativas de fraude conhecida como roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes – Consumidor. O número é equivalente a uma tentativa de fraude a cada 17,8 segundos no país. 

O resultado representou queda de 2,8% em comparação a dezembro de 2015, quando registradas 155.056 tentativas, e queda de 10,8% em relação a janeiro de 2015, que registrou 168.944. De acordo com os economistas da Serasa Experian, o aprofundamento da recessão econômica e aumento do desemprego têm provocado diminuição do fluxo dos consumidores nas lojas, bancos etc. Com isso, diminuem-se as chances de os fraudadores obterem documentos pessoais, os quais são utilizados nas tentativas de fraudes. Embora o volume das tentativas tenha diminuído, esse patamar continua elevado.

E para que o consumidor não seja vítima de golpe e não sofra constrangimentos na hora de efetuar uma compra, na Semana do Consumidor, entre os dias 15 e 19 de março, ele pode adquirir o MeProteja, serviço antifraude da Serasa, com 50% de desconto, o que equivale a R$ 4,99 por mês para o plano anual.

O MeProteja avisa o cidadão por e-mail e mensagem no celular (SMS) toda vez que o CPF dele for consultado na hora de uma compra no comércio ou empréstimos em bancos. É um alerta no caso de tentativa de abertura de empresa com o número do documento, se o titular estiver prestes a ser negativado ou ainda quando o consumidor sair do cadastro de inadimplência. O MeProteja também informa ao consumidor a relação dos números de telefone fixo que estão cadastrados com seu CPF. Parcelas atrasadas que podem gerar negativação também são comunicadas.