(67) 99826-0686
Origem - entregas

Transporte da safra 2015/2016 pode ser reduzido em até 34%

Agronegócios

27 JAN 2014
Notícias da Pecuária
19h12min
Divulgação

A estimativa é que o setor tenha uma redução média de 34% no custo do transporte da safra 2015/16, frente aos preços atuais, uma vez que boa parte da colheita passará a ser levada pela BR-163 ou pelo rio Tapajós até os portos de Santarém e Vila do Conde, no Pará.

 

A nova rota de escoamento pelo Pará, dentro do território brasileiro, representará menos quilômetros rodados, fator que mais pesa no fechamento do preço do frete. Tendo como partida o município de Sorriso, polo de produção agrícola de Mato Grosso, significa uma economia de 700 a mil quilômetros de estrada, quando comparada à distância até os portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR).

 

Para a redução ocorrer, será necessário finalizar o asfaltamento da BR-163 até os pontos de transbordo. Em algumas faixas da ‘rodovia da soja’ ainda estão intransitáveis por causa do período de chuvas. A lama se espalha de lado a lado na rodovia federal. No período seco, os caminhões passam devagar por causa dos buracos e com o aumento dos custos operacionais, acidentes, tombamentos de cargas, desgastes do veículo e maior consumo de diesel.

 

Fonte: Notícias da Pecuária

Veja também