(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

SEM FOLGA PRA BANDIDO: MS é o 3º no País em número de prisões

Dados recentem indicam que, no Estado, aprisionamentos somam 575 a cada 100 mil habitantes

29 ABR 2019
Celso Bejarano, de Brasília
09h28min
Imagem Ilustrativa Foto: Arquivo/TopMídiaNews

Mato Grosso do Sul é o terceiro estado do Brasil onde mais se leva transgressores para a cadeia. A região fica atrás somente do Espírito Santo e Acre quando o assunto tratado é a taxa de aprisionamento.

Em MS, a taxa é de 575 encarcerados a cada 100 mil habitantes; Espírito Santo, 580 e, no Acre, 897, o estado campeão em aprisionamento. O estado da Bahia é o lugar com menor taxa de prisões, com 105 no universo de 100 mil habitantes.

A média no país inteiro é de 335, ou seja, MS supera bem mais do que no restante do Brasil.

Sondagem acima é do G1, que construiu a estatística com informações fornecidas pelas assessorias de imprensa dos estados e ainda pela Lei de Acesso à Informação. O estudo é sustentado com dados de março e abril passado.

A pesquisa, diz o G1, é parte do Monitor da Violência, em parceria com o NEV (Núcleo de Estudos da Violência da USP - Universidade de São Paulo) e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Ainda de acordo com a pesquisa, hoje, no Brasil, os presídios comportam em torno de 704 mil presos, algo perto de 300 mil a mais que a capacidade.

O levantamento não contou a população carcerária abrigadas em delegacias da Polícia Civil.

Em MS, por exemplo, ao menos 23 mil pessoas estão encarceradas em presídios, mas segundo o Sindicado dos Policiais Civil de MS, no interior do Estado as delegacias estão cheias de presos. Em Campo Grande, na delegacia das Moreninhas, cerca de 40 presos aguardam vagas nos presídios.

Veja também