(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

Nos 120 anos de Campo Grande, relembre as boates que naufragaram na cidade

Nem mesmo casas noturnas que pertenciam a cantores milionários sobreviveu

5 AGO 2019
Dany Nascimento
08h25min
Wood's Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Há anos, os donos de boates enfrentam crise financeira e fecham as portas em Campo Grande, deixando a galerinha que gosta da balada noturna com poucas opções. Vários estabelecimentos foram fechados, desde barzinhos até boates que faziam sucesso entre a juventude, que comparecia em peso para se divertir.

A Casa Noturna Neo, conhecida por preparar noites especiais para o público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros), fechou as portas em 2012 por falta de movimento. O dono anunciou, na época, que encerraria as atividades porque as baladas regradas de música eletrônica já não estavam sendo tão frequentadas como antes.

Neo Club - Foto: Roberto Ajala

Em 2013, outros dois locais que eram populares na cidade também anunciaram que fechariam as portas. O Miça, teria sido interditado pela Polícia Civil, que não teria concedido informações sobre a medida. O dono teria dito para imprensa que os alvarás de funcionamento estavam em dia, mas que faltava um documento de análise de ondas de som.  

Na mesma onda do Miça, o Bodega também anunciou fechamento e pegou muitos campo-grandenses de surpresa. O dono colocou o espaço à venda e encerrou as atividades no mesmo ano que o Miça.

Miça Bar - Foto: Reprodução/Youtube

Dois anos depois foi a vez de uma casa noturna, que pertenceria a sócios famosos no cenário da música sertaneja, mas, mesmo assim, também encerrou as atividades na Capital. A Woods, que seria uma aposta do cantor Michel Teló em sociedade com Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba, fechou as portas após um ano e sete meses de funcionamento.


Bodega Bar - Foto: Rodrigo dos Santos

Mesmo pertencendo a cantores famosos que arrastam multidões pelo Brasil, a casa noturna também não deslanchou. O último show realizado no local aconteceu no dia 10 de julho, com os sul-mato-grossenses João Bosco e Vinicius.

Veja também