TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

03 outubro 2015 - 00h00

Presente na Caravana da Saúde agratuito de boletins de ocorrência de extravio, e encaminhamento para as unidades policiais dos casos mais graves e que exigem investigações ou instauração de procedimentos.

O pedreiro Daniel Jesus Tavares, há um mês perdeu todos os documentos, quando retornava do trabalho para casa. Para receber atendimento médico e para tirar a segunda via da identidade ele precisava do boletim de ocorrência, que foi agilizado no Complexo da Caravana da Saúde.

“Eu não tinha tempo para fazer o BO porque trabalho o dia inteiro e faltar serviço para isso fica bem complicado, como sabia que a Caravana da Saúde viria para cá eu resolvi esperar porque ficou bem mais fácil e agora eu vou conseguir ser atendido”, comemora o pedreiro.

De acordo com Gustavo Bueno, titular da Delegacia Regional da Polícia Civil de Corumbá, com uma espécie de delegacia itinerante, a instituição atuou em várias frentes durante a Caravana da Saúde. “Primeiro na sistemática da Polícia Comunitária, nos aproximando da população, nos direcionamentos dos atendimentos, registro de boletins de ocorrência, recebimento de denúncias e agendamento de atendimentos nas delegacias dos casos mais complexos”, afirma o Delegado Regional.

Em visita a Caravana da Saúde de Corumbá, o governador Reinaldo Azambuja disse que em breve o efetivo da Polícia Civil do município irá receber reforço. “Nós temos em formação na Academia da Polícia Civil 220 novos investigadores e peritos papiloscopistas que serão lotados nos municípios do interior, entre eles Corumbá, onde chegarão com armamento, coletes, equipamentos e viaturas que estão sendo adquiridos pelo Governo do Estado através de licitações˜, destacou o governador.