Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Geral

Oitocentos estudantes surpreendem faxineiro de escola com festa de 80 anos

O funcionário foi surpreendido com a festa nos corredores da escola

03 abril 2019 - 08h02Por Da redação/Só Notícia Boa

Um faxineiro de uma escola infantil na Geórgia, EUA, foi surpreendido pelo carinho de 800 estudantes pelo aniversário de 80 anos. Todos os dias Haze Mabry entra no prédio e esvazia as latas de lixo, limpa os banheiros e corredores. Só que na semana passada foi diferente Ao chegar à Pike County Elementary, em vez de encontrar lixo ele se deparou com os alunos nos corredores com festa, cartões e banners feitos à mão, fazendo barulho e cantando ‘parabéns a você’.

Os estudantes gritavam “Sr. Haze! Sr. Haze!”, enquanto ele caminhava pelo corredor e recebia muitos abraços. Ainda supreso, Mabry agradeceu: “Eles são como meus filhos”, disse em entrevista ao The Washington Post. Mabry conhece a maioria das crianças do terceiro ao quinto ano. “Eu conheço os rostinhos, mas não conheço todos os nomes”, disse Mabry.

“Ele é a pessoa mais amada em todo este edifício”, disse Lori Gilreath, professora de leitura, que organizou a celebração surpresa. “Ele não se vangloria de si mesmo, mas não importa o que faça, ele sempre para pra cuidar de uma criança se ela estiver num dia ruim.” Gilreath, cujos três filhos se formaram na escola, disse que Mabry é popular entre os estudantes porque ele é uma presença constante e gentil. Quando uma criança se aproxima, ele faz uma pausa para dar a ela toda a atenção. “Ele não espera muito”, disse ela.

“Ele só quer trabalhar e amar as pessoas.” Mabry trocou de profissão para assumir o cargo quando tinha 67 anos. Ele nunca tinha trabalhado antes como zelador. A fábrica de têxteis onde trabalhou por 35 anos fechou, e ele precisava de um emprego para ajudar a sustentar a família, a esposa e quatro filhos. Haze disse que ainda estava organizando a pilha de cartões de recebeu para ler cada um deles. Um dos cartões dizia: “Sr. Haze, você é meu raio de sol. “Eu sinto o mesmo por eles”, disse ele.

Leia Também

Após ser atropelado, Mingau amputou pata e precisa de ajuda para pagar clínica
Cidades
Após ser atropelado, Mingau amputou pata e precisa de ajuda para pagar clínica
VÍDEO: paciente vence a covid e deixa HU em Campo Grande ao som de louvor
Cidade Morena
VÍDEO: paciente vence a covid e deixa HU em Campo Grande ao som de louvor
Atacadão pretende reconstruir loja; perícia analisa lâmpadas de gôndolas
Cidade Morena
Atacadão pretende reconstruir loja; perícia analisa lâmpadas de gôndolas
Homem agarra colega de trabalho, a beija e se masturba em Costa Rica
Interior
Homem agarra colega de trabalho, a beija e se masturba em Costa Rica