TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

'Se tivesse alguma indicação política, não aconteceria agora', diz nomeada ao IMPCG

Saúde

12 DEZ 2013
Vanessa Ricarte
11h04min
Foto: Geovanni Gomes

Hoje pela manhã, em publicação divulgada através do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), a médica ginecologista e obstetra Lilliam Maria Maksoud Gonçalves foi nomeada para assumir o cargo de presidente do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) através do decreto PE nº 2.134 por Alcides Bernal.


Em entrevista ao TopMídia News, Lilliam se mostrou confiante em relação ao desafio de liderar a instituição. "Sou formada em medicina há 32 anos, 30 dos quais trabalhados exclusivamente na Capital. Fui diretora do Departamento de Saúde do Tribunal de Justiça durante 25 anos, portanto me sinto capaz de assumir a responsabilidade", relata a recém nomeada para o cargo em que começa a trabalhar a partir da próxima segunda-feira.


De acordo com a médica, durante as décadas em que trabalhou no TJ, a experiência a ajudou a  chefiar o departamento, tanto em relação à constituição das juntas médicas e perícias nos servidores, quanto no atendimento ambulatorial, bagagem que quer implementar junto ao IMPCG. "Vou fazer uma radiografia do que está acontecendo no IMPCG - conhecer a realidade do local, quem são os colaboradores e colocar as pessoas nos cargos certos para poder agilizar os processos de atendimento aos servidores municipais. É fundamental que o IMPCG seja humanizado. Meu objetivo é fazer com que os servidores do município tenham uma melhor qualidade de vida, se sintam felizes e que os médicos possam trabalhar com vontade", afirmou.


Questionada sobre a nomeação ao cargo do instituto municipal e o grau de parentesco com Paulo Siufi, um dos vereadores da oposição ao prefeito Alcides Bernal e ex-presidente da CPI da Inadimplência, Lilliam foi enfática - "Sou apolítica. Não tenho vínculo político nenhum com a Câmara . Eu tenho um primo que foi prefeito (Nelson Trad Filho) outro que é deputado estadual (Marquinhos Trad) eu tenho 2 primos que são deputados federais (Fábio Trad e Henrique Mandetta), além de um primo vereador (Paulo Siufi). Se tivesse alguma indicação política, isso teria acontecido há 8 anos, não agora. Tenho certeza que a minha indicação foi por conta da minha capacidade técnica de conhecimento e trabalho", defente a nova presidente do IMPCG.



Veja também