Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Adolescentes em conflitos com as leis são profissionalizados em Mato Grosso do Sul

15 outubro 2015 - 17h04Por Assessoria de Imprensa

Em Mato Grosso do Sul, os adolescentes em conflitos com as leis internados nas Unidades Educacionais de Internação estão sendo profissionalizados através do projeto Sementes para o Futuro, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio da Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS).

Como esta semana não há aulas nas UNEI’S, por conta do feriado prolongado e do dia dos professores, os cursos que são oferecidos através de parceria entre o Governo do Estado e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), foram estendidos a todos os adolescentes das dez Unidades Educacionais de Internação espalhadas pelo Estado.

Entre os cursos profissionalizantes de reinserção social dos menores estão informática básica, implantação e manejo de horta, artesanato em ponto cruz, relações interpessoais e operador de computador. Em algumas unidades, como a UNEI Tuiuiú de Campo Grande e a UNEI de Corumbá, os adolescentes já estão sendo inseridos no mercado de trabalho.

“Essa nova proposta de captação de parceiros para atuarem nas Unidades Educacionais de Internação e Internação Provisória enriquece ainda mais o trabalho que vem sendo realizado pelos socioeducadores, uma vez que uma das propostas da execução das medidas socioeducativas é possibilitar aos adolescentes em conflitos com as leis, o desenvolvimento de competências e habilidades básicas para uma nova condução de vida quando em liberdade”, explica Carmem Lígia Loureiro Carmello, superintendente da SAS.