TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Geral

Alunos de Escolas de Tempo Integral se destacam no mercado de trabalho e valorizam ensino

Programa segue modelo utilizado em Pernambuco e visa reduzir a evasão escolar e aumentar a aprovação dos estudantes no ensino médio da rede pública estadual

19 outubro 2018 - 14h51Por Assessoria
Alunos de Escolas de Tempo Integral se destacam no mercado de trabalho e valorizam ensino

Vinícius da Silva de 18 anos foi um dos alunos que passaram por uma escola de ensino técnico em tempo integral, iniciada pelo governo Reinaldo.  Hoje ele trabalha em uma das maiores empresas de informática do MS,  voltada para o ramo de desenvolvimento de aplicativos e aplicações web,  fundada em 2010 e que já recebeu uma certificação da Google pela qualidade do trabalho, a empresa é uma das 3 do país que possuem o certificado.

Há 1 ano e 6 meses, Vinícius é desenvolvedor de web na empresa. Mas antes de chegar até aqui e já ter entrado na Universidade, ele cursou o ensino médio na escola estadual Waldemir de Barros, nas Moreninhas e foi lá que tudo começou.

“Eu saí do ensino fundamental sem saber nada relacionado a tecnologia, nem computador eu tinha. Através da minha prima, fiquei sabendo do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Informática na Moreninha. Me matriculei no Waldemir de Barros da Silva e na primeira semana mesmo me apaixonei pelo ensino”.

Vinícius conta ainda que o que mais chamou a atenção foi a maneira de ensinar dos professores, a preocupação e o envolvimento de toda a unidade escolar. 

“ Eu pensava que iria apenas aprender a formatar computadores e etc (aprende mas isso não é nem 1% do curso técnico). Mas logo na primeira semana eu me surpreendi, a acolhida, a vontade dos professores de ensinar, a qualidade ensino, tudo isso me encantou”.  Ele reforça que o curso técnico em informática é um curso muito amplo, a tecnologia em si abrange várias áreas.  "á eu aprendi sobre arquitetura de computadores, rede de computadores, sistema operacionais e muito mais."

Todos os anos a escola incentiva os alunos a participarem de eventos tecnológicos , foi durante um desses eventos que a empresa deu um desafio e quem conseguisse fazer, ganharia uma bolsa de curso no valor de 4 mil reais. Vinícius participou e ganhou a bolsa.

Atualmente ele cursa Técnico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, e as perspectivas para o mercado de trabalho são as melhores, se formar como um profissional competente e alcançar sucesso na sua área. Vinícius diz que tudo começou lá na escola de Tempo Integral com Nível Técnico e que esse período e experiência foram fundamentais para traçar um perfil profissional na vida dele.

“Sempre vou lembrar que foi ali na escola do estado que eles sempre me incentivaram a participar da comunidade, ir em eventos tecnológicos(famoso networking), pra conhecer o mercado, tecnologias e pessoas e isso fez toda diferença na minha vida, hoje em dia sou convidado pela UFMS para dar palestras, isso é motivo de orgulho para um aluno que sai de uma escola pública.” 

A Waldemir Barros da Silva, localizada no bairro Moreninhas, na Capital, onde o Vinícius estudou está entre as cinco melhores escolas do Brasil e é a primeira do Centro-Oeste, apontada por duas vezes (2011 e 2017) no Prêmio Gestão, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública do País. 

Em 2017, a unidade concorreu com mais de quatro mil instituições. Na Escola da Autoria, o jovem é estimulado a ser protagonista, autores de sua própria história. O programa adotado no Estado segue modelo utilizado em Pernambuco desde 2002 e tem objetivo de reduzir o índice de abandono e aumentar a aprovação dos estudantes no ensino médio da rede pública estadual.

Para o Governo Reinaldo, o ensino médio é a prioridade . “É importante todo esse trabalho realizado em Mato Grosso do Sul, que é referência nacional. Essa escola é maravilhosa, sua equipe gestora e seus grandes professores são referência em vários aspectos. Projetos assim são fundamentais para que a gente avance no ensino médio”.