(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Aos 60 anos, Falabella admite: 'Queria ter a mesma alegria dos 40'

O ator, escritor e diretor volta aos palcos vivendo Deus no espetáculo God

17 NOV 2016
Ego
10h39min
Foto: Daniel Chiacos

O múltiplo Miguel Falabella volta aos palcos a partir de sexta-feira (18), vivendo ninguém menos que Deus na comédia God, que entra em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. Depois de assistir à montagem na Broadway, no ano passado, Falabella foi atrás dos direitos do texto para fazer a versão brasileira, que também é dirigida por ele. "A grande sacada do texto é que em nenhum momento ele fala de religião. É Deus brigando com a plateia, nos dando um esporro pelos descaminhos que nós tomamos. É muito divertido, uma comédia. Mas as pessoas se emocionam no final", diz ele sobre a montagem.

No espetáculo, Deus e seus dois arcanjos dedicados, Miguel (vivido pelo ator Magno Bandarz) e Gabriel (interpretado por Elder Gattely), respondem a algumas das questões mais profundas que têm atormentado a humanidade desde a Criação. "Em determinado momento, Ele diz: 'Eu não entendo o conceito que vocês fazem de mim'. E as pessoas que não botam gasolina no último posto da estrada, quando sabem que é o último? E vão o resto do percurso pedindo: 'Ai meu Deus, tomara que eu não pare. Ai meu Deus, me ajude a chegar. Sou eu quem vai empurrar o carro?!'", diverte-se Miguel contando um trecho do espetáculo.

De David Javerbaum, vencedor de Emmy Award Winner, God fez um enorme sucesso na Broadway, sendo definido pelo jornal The New York Times como "delirantemente, divinamente engraçado". "Estava na hora de montar por aqui algo assim", afirma Miguel, que no mês passado virou sexagenário. "Crise por causa da idade? Passei por todas, mas fui em frente, temos de nos reinventar. Não acredito nisso de que os 60 são os novos 40, quisera eu hoje ter a mesma alegria dos meus 40. Se bem que ainda sou magro, isso ajuda", brinca.

Veja também