(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Arquibancadas da Arena Pantanal em Cuiabá começam a ser instaladas

Copa do Mundo

16 JAN 2014
Repórter MT
20h52min
Foto: Edson Rodrigues

Com a chegada das primeiras remessas de cadeiras, em torno de duas mil, as arquibancadas da Arena Pantanal ganham uma nova tonalidade. De tom azulado, os assentos acomodarão confortavelmente os torcedores durante a disputa dos quatro jogos que serão realizados em Cuiabá e em eventos após a Copa do Mundo, o que torna o estádio um legado multiuso.

 

Desde o mês passado, diversos procedimentos preparatórios necessários para a instalação têm sido realizados pelos funcionários da obra. O processo de marcação e instalação das longarinas que darão suporte aos assentos já foi finalizado nos setores Norte e Oeste da Arena.

 

Nos demais setores do estádio (Sul e Leste) a fixação das longarinas e a marcação continuam. Aproximadamente 5 mil lugares das arquibancadas já passaram pelo procedimento e estão prontos para receber os assentos. “As cadeiras serão montadas no canteiro e só depois serão fixadas às arquibancadas. É uma metodologia que demanda cuidado para que tudo transcorra corretamente, garantindo que a festa na Arena Pantanal ocorra sem nenhum problema”, comenta o secretário extraordinário da Secopa, Maurício Guimarães.

 

São cinco tipos de cadeiras, todas rebatíveis e com características individuais (acolchoados, encosto para a cabeça e porta copos) para o público geral, público Vip, atletas reservas, comissão técnica e arbitragem e obesos. Os assentos serão distribuídos em áreas distintas do estádio. Aproximadamente 42.926 mil unidades serão dispostas ao público geral, 2.858 ao público Vip e Camarotes, 54 para atletas reservas e comissões, 166 para obesos, e 63 para Very Vip. Ao todo serão confeccionadas 44 mil cadeiras. Estão previstos ainda 630 mesas para área de imprensa e 54 armários para vestiários.

 

As cadeiras se tornaram polêmicas após indícios de superfaturamento apontado pelo Ministério Público. Por causa disso, uma nova licitação foi sugerida, mas a empresa que já havia vencido o certame anterior acabou reduzindo o preço do produto em R$ 29 reais cada item. Com isso, o Estado acabou economizando R$ 1,3 milhão.

 

Fonte: Repórter MT

Veja também