TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quarta, 01 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Geral

Arrependido, homem chora após decepar mão de ex-companheira com golpe de foice

Além da mão decepada, vítima foi atingida no ombro direito e na cabeça

28 novembro 2018 - 12h29Por DiárioSertãoCentral

O cozinheiro João Paulo Militão de Castro, 38 anos, disse estar arrependido e chorou ao saber que sua ex-companheira, a agricultora Vera Lúcia Barbosa de Oliveira, 36, teve a mão esquerda amputada após ser agredida por ele a golpes de foice.

Ela foi transferida às pressas de Quixadá para Fortaleza. Além da mão decepada, Vera Lúcia foi atingida no ombro direito e na cabeça. Seu estado de saúde é considerado grave. Ela corre risco de morte, informou um inspetor da Polícia Civil.

O crime de violência doméstica ocorreu por volta do meio-dia deste domingo (25), na localidade de Iburana, distrito de Daniel de Queiroz, a pouco mais de 10 Km do Centro de Quixadá, no Ceará.

O autor, a vítima e ainda familiares dela estavam consumindo bebida alcoólica em um bar. A bebedeira continuou na residência da agricultora, onde João Paulo disse ter sido ofendido moralmente. Muito embriagado, não recorda dos atos seguintes, foi o que alegou ao ser apresentado na delegacia.

João Paulo foi preso por um policial civil que estava de folga com a família em um local próximo à casa da vítima. O instrumento utilizado para praticar o crime, a foice, foi apresentado por uma equipe da Polícia Militar.

Ainda de acordo com a equipe de plantão na Delegacia Regional da Polícia Civil o criminoso apresentava várias escoriações. Ele informou aos policiais que após o momento de fúria foi espancado por familiares da vítima