(67) 99826-0686

Ativista ambiental retorna ao país, após dois meses na Rússia

Retorno

28 DEZ 2013
Ultimo Segundo
18h25min

A bióloga brasileira Ana Paula Maciel, 31, militante ambientalista que passou dois meses presa e mais 40 dias retida na Rússia, desembarcou em Porto Alegre neste sábado, 28, demonstrando disposição para seguir lutando pela causa e participar de novos protestos em 2014.

Em 18 de setembro, ativistas do Greenpeace tentaram escalar uma plataforma de petróleo da Gazprom para protestar contra a exploração no Ártico. Ana Paula estava no grupo, que tinha outros 27 militantes e dois jornalistas. Todos foram presos pela Guarda Costeira russa e levados para Murmansk, onde o navio Arctic Sunrise, que tripulavam, permanece retido.

A acusação inicial de pirataria foi retirada e trocada por vandalismo. Os ativistas, que ficaram conhecidos como "Os 30 do Ártico", foram transferidos para a prisão de São Petersburgo e soltos em 20 de novembro mediante pagamento de fiança. Em 18 de dezembro, o Parlamento russo aprovou a anistia ao grupo e, na quarta-feira 25, dia de Natal, todos foram comunicados de que o processo estava encerrado.

Veja também